Estado

Foto: Elizeu Oliveira

O governador Marcelo Miranda recebeu nesta terça-feira, 20, o primeiro escalão do Governo, que entregou relatório da situação de cada pasta, andamento de projetos, convênios e pendências deixadas pela gestão passada. O diagnóstico servirá para adequações e reestruturação das secretarias e autarquias, de acordo com a situação financeira do Estado.

O secretário geral de Governo, Herbert Brito (Buti), ressaltou os principais pontos dos relatórios apresentados.  “Toda essa documentação será sistematizada para, no momento oportuno, o governador fazer a apresentação da realidade encontrada. A população tem o direito de ter acesso a essas informações”, destacou.

Na ocasião, o secretário de Articulação Política, Paulo Sidnei, destacou que um dos principais gargalos foram as dívidas encontradas nas diversas áreas, deixadas pela administração anterior. “Os aluguéis dos imóveis estão em torno de sete meses atrasados e quase todos os fornecedores, convênios federais, contrapartidas, parte de pagamento de encargos... o que é gravíssimo isso, porque o governo recolheu e não repassou para o Igeprev; sem falar no desvio de R$ 1 bilhão”, ressaltou.

Ainda de acordo com Paulo Sidnei, após a consolidação das informações serão definidas as ações que devem ser tomadas. “A partir da consolidação dos dados o governo vai começar a fazer o seu plano de metas. Vamos definir quais medidas jurídicas, quais medidas administrativas que serão tomadas”, apontou.

Essa foi a segunda reunião do governador Marcelo Miranda com os membros do primeiro escalão. A primeira reunião aconteceu logo após a posse dos titulares das pastas, que receberam do governo a ordem de elaboração dos relatórios entregues nesta terça-feira. Segundo Paulo Sidnei, a intenção do governador é manter um trabalho conjunto de todas as pastas com reuniões ordinárias a cada 15 dias.

“O fundamental é que a máquina esteja organizada para a máquina funcionar e funcionar bem, atendendo os desejos e os interesses da população”, apontou ao destacar que os resultados da análise dos relatórios será apresentado posteriormente. (Secom-TO)

Por: Redação

Tags: Herbert Brito, Marcelo Miranda, Paulo Sidnei