Economia

O empreendedorismo feminino estará em destaque nesta sexta-feira, 27. Mulheres empreendedoras de todo o Tocantins receberão homenagem por meio do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios (PSMN), que deve reconhecer os relatos de vida dessas mulheres que transformaram seu sonho em realidade ao empreender. O evento acontece ás 19 horas, no Crystal Hall, em Palmas, e irá contemplar empreendedoras inscritas no ciclo 2014 da premiação.

No Ciclo de 2014 foram realizadas 178 inscrições, destas 154 preencheram a autoavaliação sobre o negócio informando sobre a gestão empresarial e escreveram um relato sobre a trajetória no mundo empresarial. “Mais do que a premiação este produto tem a missão de que os relatos sirvam de exemplos e estímulo para outras mulheres desenvolverem seu comportamento empreendedor”, comenta a analista técnica do Sebrae e gestora do prêmio, Bárbara Nunes.

No relato será avaliado o desempenho das candidatas considerando fatores que estão alicerçados nos Fundamentos da Excelência, do Modelo de Excelência em Gestão (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Dentre os critérios estão a superação da mulher, visão de Futuro, ideias inovadoras e adaptação às novas tendências, participação ativa nos negócios, perseverança e superação dos desafios, estabelecimento de relacionamentos duradouros com os clientes, entre outros.

As vencedoras da etapa estadual irão ganhar capacitações e a viagem para participar da cerimônia nacional de premiação em Brasília, que acontece no dia 5 de março, em local a confirmar. Além do prêmio, será apresentada palestra sobre empreendedorismo feminino e os desafios para equilibrar a vida pessoal e profissional, ministrada pelo instrutor da empresa americana Dale Carnegie, Adroaldo Lamaison.

Empreendedorismo

O Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas, elaborado pelo Sebrae em parceria com o Dieese, apontou que a quantidade de mulheres empregadoras no país cresceu 19% em uma década. Já entre os homens, esse aumento foi de apenas 3%.

A Região que teve o maior aumento percentual no número de empreendedoras foi a  Norte. Entre 10 anos, o número de mulheres donas de empresa teve um crescimento de 78%, valor bem superior ao das outras regiões. No Nordeste o crescimento foi de 12%, no Sudeste, de  10%, no Sul, de 21% e no Centro-oeste, de  36%. 

Por: Redação

Tags: Mulher de Negócios, Sebrae Mulher