Cultura

Foto: Divulgação

Apesar das limitações geradas em virtude da falta de investimentos financeiros, a Cia Art’Sacra decidiu retomar a realização da Paixão de Cristo 2015. O cancelamento da edição deste ano do espetáculo havia sido anunciado por falta de apoio para arcar com as despesas de estrutura. Segundo o presidente da Companhia e diretor da Cia Art’Sacra, Valdeir Santana, a decisão foi tomada após clamor da própria comunidade. “Foram centenas de ligações, depoimentos e abordagens, pedindo a realização do evento. Nós nos surpreendemos pela preocupação da população e apego com a apresentação da Paixão de Cristo”, descreve.

A previsão média de investimento da Paixão de Cristo 2015 é de cerca de R$ 150 mil. Diante disso, a direção da Art’Sacra decidiu realizar o espetáculo com o apoio de 50% por cento do valor custeado pela Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Cultural domunicípio, e solicitar apoio da própria comunidade para as despesas restantes. Uma campanha solidária está lançada, onde o grupo pede apoio de qualquer valor financeiro para custear as despesas da produção da peça. 

Segundo Santana, a equipe já havia selecionado os atores e os ensaios já tinham se iniciado, desde novembro do ano passado. Para ele, o cancelamento era importante para evitar as altas despesas, mas envolvia esforços de uma equipe de mais de 300 pessoas. “Essa "queda", diga-se de passagem, foi um aprendizado para nós, sempre com muita fé em Deus e determinação. O grupo se manteve firme, muito embora abalado emocionalmente. Foram muitas lágrimas e noites sem dormir, mas com o propósito, que é não deixar a oportunidade passar, de anunciar a boa nova, falar do amor de Deus em meios tantos conflitos sociais. Independentemente das circunstâncias, queremos possibilitar aos nossos espectadores momentos de emoção e fé e, a partir de então, lutar por um mundo mais justo, fraterno e igualitário”, expressa o diretor, acrescentando que os cenários do ano passado serão reconstruídos com uma nova roupagem.

Espetáculo

A apresentação será mantida no dia 3 de abril, no Estádio Nilton Santos, em Palmas. Considerada a maior produção teatral do Tocantins e uma das maiores do País, a peça teatral reúne anualmente cerca de oito mil pessoas para prestigiar o evento e cerca de 300 pessoas no elenco e equipe de produção. Esta é a 13ª edição do espetáculo teatral sacro e o tema é Paixão de Cristo 2015 – “Palmas para essa Paixão”.

História

A Cia foi fundada em 16 de maio de 2005 por um grupo de jovens apaixonados pelo teatro e que sempre atuavam nas apresentações sacras onde dramatizavam passagens dos Evangelhos e outras temáticas para reflexões litúrgicas e formações sócio-educativas na Paróquia Dom Orione em Palmas – Tocantins. A Cia de Teatro Art´Sacra recebeu o reconhecimento do poder público estadual, através da Fundação Cultural do Estado do Tocantins em maio de 2010, que concedeu ao espetáculo teatral sacro da Paixão de Cristo, evento Cultural do Estado, pelos seus trabalhos realizados na área de teatro e formação. Tal reconhecimento ressalta a sua importância na sociedade como uma entidade que fomenta a cultura sacra e popular e colabora desta forma com a formação cultural do Estado do Tocantins.