Polí­tica

Foto: Divulgação

O critério da excepcionalidade, usado para promover policiais e bombeiros militares, pode acabar. Isso no que depender do deputado Ricardo Ayres (PSB) e de outros 17 parlamentares que assinaram uma proposta de Emenda Constitucional (PEC), encaminhada na tarde desta quarta-feira, dia 18, para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ).

Apresentada inicialmente por Ayres, a matéria acrescenta dois novos parágrafos ao artigo 13 da Constituição do Estado. O primeiro estabelece os princípios da razoabilidade, proporcionalidade e publicidade para orientar as promoções, e o segundo veda o uso de critérios excepcionais, especiais ou indeterminados a elas.

“A fim de evitar qualquer promoção dos servidores militares por outros meios que não os previstos em lei, faz-se necessário vedar as promoções casuísticas e de conveniência como medida preventiva para afastar rixas internas entre os militares”, justificou Ayres.

Por: Redação

Tags: Polícia, Polícia Militar, Ricardo Ayres