Saúde

Foto: Heitor Iglesias

“Esse tipo de sangue é o que mais precisamos. Atualmente, o Hemocentro atende 100% dos leitos públicos e privados e por conta disso precisamos manter um estoque regular para atender toda essa população receptora”, destacou a diretora de gestão da Hemorrede, Pollyana Gomes Pimenta. 

Para doar, é necessário estar em boas condições de saúde, apresentar documento oficial com foto, pesar acima de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos – menores de idade só podem doar com autorização formal e presença do responsável. A idade limite para primeira doação é 60 anos. A pessoa também deve está bem alimentado, não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação e não ter fumado nas últimas 2 horas, além de evitar alimentos gordurosos. 

A doação pode ser realizada em qualquer uma das unidades da Capital: na Quadra 301 Norte, Conjunto 01, lote 02 (próximo ao Detran) ou na Unidade de Coleta do Hospital Geral de Palmas (HGP). As unidades funcionam de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas, e aos sábados das 7 às 11h30.

Mais informações e endereços das unidades de coleta da Hemorrede em todo Estado pelo telefone ou através do site http://hemoto.saude.to.gov.br

Por: Redação

Tags: Hemocentro, Pollyana Gomes Pimenta