Polí­tica

Foto: Divulgação

Os Sindicatos dos Servidores da Educação e do Quadro Geral do Município de Araguaína, além dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate de Endemias, saíram satisfeitos de uma reunião realizada nesta quarta-feira, 25, presidida pelo secretário chefe de Gabinete, Wagner Rodrigues, na Prefeitura. No encontro, os representantes receberam a notícia de que o Executivo já teria enviado à Câmara de Vereadores projetos de lei que reajustam o piso salarial dos servidores públicos municipais.

A Prefeitura atendeu às reivindicações das categorias e aceitou a proposta de reajuste dos salários em 6,23% tanto para os professores quanto para os servidores efetivos do Quadro Geral da administração municipal direta e indireta. Os novos valores para as quatro categorias já serão pagos retroativos a primeiro de março de 2015.

Pelo novo projeto do Executivo, o piso salarial para servidores do Quadro Geral passa a ser de R$ 800,00. Já o salário base de professor nível I passa para R$ 1.917,78. Ainda, para os professores de níveis II, III, IV V recebem o reajuste de 6,23%, também retroativos ao pagamento de março. 

A outra conquista foi para os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. O piso destas categorias passou para R$ 1.050,00. Com isso, a categoria  passa a receber acima do piso estabelecido pelo Governo Federal, R$ 1.014,00.

Para o Executivo, os novos valores representam o esforço da nova gestão de valorizar a questão salarial dos servidores municipais dentro das possibilidades da administração pública. Agora os vereadores devem aprovar  as medidas do Executivo em três votações, e a primeira deve acontecer já na próxima segunda-feira, 30 de março.