Polí­cia

Foto: Divulgação

A operação batizada de “Bela Vista”, alusão ao povoado de Bela Vista, pertencente ao município de São Miguel-TO, foi desencadeada na manhã deste sábado, 11, pelos policiais militares da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).  A operação “Bela Vista” iniciou-se por volta das 6 da manhã em cumprimento a um mandado de busca e apreensão domiciliar exarado pelo Juiz de Direito da Comarca de Itaguatins-TO, Dr. Baldur Rocha Giovanninni.

De acordo com a ordem de operação, a comunidade daquela localidade, inconformada com a onda de violência, exigia uma resposta das autoridades, já que o aumento do tráfico de drogas, os constantes roubos de veículos e a pessoas, tiravam a paz e o sossego público, implodindo a sensação de segurança.

Antes da operação ser deflagrada, o serviço de inteligência da 4ª CIPM realizou vários levantamentos em torno do local identificando todos os pontos de venda de drogas, bem como os nomes dos traficantes. A partir daí foi então feito a solicitação dos mandados de busca e apreensão ao Promotor e ao Juiz da Comarca, o que foi deferido de imediato.

Os envolvidos, F.C, artesão de 38 anos, preso por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo; Divino Cosmo Soares da Silva, 21 anos, auxiliar de panificação, autuado por posse de entorpecente; o pedreiro Silvano Barreira Carvalho, 38 anos, autuado por posse ilegal de arma de fogo e crime ambiental, já que mantinha em cativeiro 2 papagaios, 1 curió, 1 bigode e 1 E ainda, o pintor Moisés Mariano Carvalho, 23 anos; Neydson de Sousa Santana, estudante de 18 anos e o serralheiro Wagner Silva Sousa de 25 anos, todos residentes em São Miguel-TO, foram presos por tráfico de entorpecentes. A operação resultou na apreensão de 2 adolescentes, H.M.N e F.D.S.S, também foram apresentados à autoridade policial e contra eles foram lavrados Boletins Circunstanciados de ocorrência.

Foram apreendidos os seguintes materiais, instrumentos e veículos: 2 motocicletas, sendo, 1 POP 100, placa OLJ-4427 e uma Honda C100 BIZ, placa OXZ-1645; 2 aparelhos celulares marca LG e Samsung; 3 armas de fogo de fabricação artesanal, popularmente conhecidas como “garruchas”; 1 espingarda de fogo calibre .20, cerca de 20 cartuchos do mesmo calibre; 1 cartucho calibre .12; 2  tubos de pólvora, 1 pacote de chumbos; 45 papelotes de maconha; R$ 58 reais em espécie; 40 pedras de crack e 2 porções de substância semelhante a cocaína.

Cerca de 35 policiais militares participaram da operação, tirando de circulação traficantes de drogas e armas de fogo. As 6 pessoas presas em flagrante e os 2 adolescentes apreendidos, foram todos conduzidos junto com objetos para a Central de flagrantes de Augustinópolis.