Estado

Foto: Divulgação

“O Tocantins não é apenas o mais novo Estado brasileiro. É também o mais propício para bons investimentos”. A declaração do embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda, feita durante almoço com o governador Marcelo Miranda, nesta terça-feira, 14, expressa o grau de interesse dos japoneses em investir no Tocantins. Realizado na residência do embaixador, em Brasília, o encontro possibilitou o estreitamento de relações e o início de novos acordos a serem firmados entre o Japão e o Governo do Tocantins.  

O que estava previsto para ser um almoço de cortesia transformou-se num encontro de negócios. “As parcerias com o Japão já renderam bons resultados para o Tocantins. Esse encontro foi o primeiro passo do nosso Governo no sentido de reafirmar essas relações”, disse Marcelo Miranda. Ele adiantou o interesse em reativar ações e projetos com o governo japonês, especialmente que contribuam para o fortalecimento da infraestrutura e do agronegócio no Tocantins.

Acompanhado da primeira-dama e deputada federal, Dulce Miranda, e dos  secretários estaduais  Paulo Afonso, da Fazenda; Davi Torres, do Planejamento; e Eudoro Pedroza, do Desenvolvimento Econômico e Turismo, o governador  falou das potencialidades do Estado, favoráveis a um leque diversificado de investimentos, a exemplo do clima, da posição geográfica e da boa qualidade do solo tocantinense.

Marcelo Miranda deu ênfase ao compromisso do Governo para melhorar a infraestrutura e a logística de distribuição de matéria-prima e de produtos. Falou de novos projetos a serem implantados, de forma a garantir melhores condições para os investidores, a exemplo de novas estradas, aeroportos e transportes modais.

Câmara Brasil-Japão

O embaixador Kunio Umeda agradeceu e ressaltou interesse em efetivar novas parcerias com o Governo estadual. Revelou, inclusive, o envio de uma equipe técnica japonesa ao Tocantins, na última semana, a fim de levantar setores propícios para investimento. Otimista com o resultado, convidou o governador para apresentar as potencialidades do Estado na Câmara Brasil-Japão, instituição com sede em São Paulo, composta por mais de 200 empresários japoneses, com interesse em investir no Brasil.

Na avaliação do secretário Eudoro Pedroza, o encontro foi muito positivo. “Com certeza, esse encontro resultará em bons investimentos para o Tocantins”, disse, referindo-se ao interesse dos japoneses em diversas áreas: “desde a infraestrutura, produção de alimentos, educação e, até, intercâmbios culturais”.  

Autoridades presentes

Além da embaixatriz, Keiko Umeda, a lista de autoridades da Embaixada foi composta por Yoshitaka Hoshino, ministro chefe do Departamento Econômico; Masao Mitsuhiro, responsável pelos assuntos Agrícolas; e Rei Oiwa, responsável pelos assuntos culturais. (Secom-TO)