Polí­tica

Foto: Divulgação

O Movimento Pró-BR-010 apela ao governador Marcelo Miranda (PMDB) e a Bancada Federal para que interceda junto à presidente Dilma Rousseff (PT) para que ela não corte a previsão orçamentária destinada à construção da BR-010, inclusa no Orçamento Geral da União deste ano. A presidente deve sancionar o orçamento 2015, já com os cortes, no dia 20 de abril e até lá, o Pró-BR-010 espera ter garantias de que o recurso seja mantido. Membros da coordenação do movimento dizem que estavam otimistas com a aprovação do recurso, e agora, convivem com a ameaça do corte.

O movimento garante que nuca apelou para posturas intransigentes na tentativa de conseguir a retomada da obra, por confiar nos representantes políticos do Estado. Garantem que a previsão do recurso teve o apoio de parlamentares e boa vontade da superintendência do Dnit do Tocantins, que solicitou ao Governo a inclusão da emenda no orçamento.

Para o movimento, podem ser adotadas ações mais rígidas, caso seja impedido o retorno da obra. “Uma luta que iniciou há anos, e tinha uma boa expectativa, convive agora com essa insegurança, no entanto, se ocorrer o corte, continuaremos lutando, se for necessário utilizar posturas mais radicais iremos fazer”, manifestou o grupo.

Por: Redação

Tags: Bancada Federal, Movimento BR-010