Estado

Foto: Divulgação

Servidores do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) estiveram em Palmas na quinta-feira (16) e sexta-feira (17) para conhecer o Sistema Eletrônico de Informações (SEI – Convênio TRF4) para implantá-lo no TRE do Pará.

Desenvolvido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com a cessão de código fonte ao TRE do Tocantins por meio de convênio firmado ano passado, o SEI gerencia toda a documentação administrativa e processual em ambiente virtual, gerando economia de tempo e gastos com impressão e papel. 

A equipe foi recebida na quinta-feira pelo diretor-geral do TRE-TO, José Machado dos Santos, que apresentou a história e as experiências que tivera com o sistema, quando de sua implantação no Poder Judiciário do Tocantins, ao migrar toda instituição do processo físico para o virtual durante a gestão 2011/2013 e também no TRE-TO, que trocou o sistema PAE (Processo Administrativo Eletrônico) pela nova ferramenta.

Ao final da reunião, a presidente do TRE-TO, desembargadora Jacqueline Adorno fez questão de dar as boas vindas aos servidores do regional do Pará. “Sejam bem-vindos. Espero que implantem o sistema no regional de vocês. O SEI é uma excelente ferramenta que agiliza muito o trabalho. Eu, por exemplo, posso despachar os processos de onde estiver”, elogiou o novo sistema.

Entre as vantagens do sistema, o diretor-geral destacou a agilidade da ferramenta. “Com o SEI você tem a redução do tempo gasto em um processo. Em uma hora temos o pedido e um documento deferido, o que antes, demorava dias”.

Ele também destacou a importância da interação entre os TREs para o compartilhamento de informações e novas ferramentas de trabalho. “É muito importante a participação de todos vocês aqui. A tecnologia tem ganhado corpo e ganhará ainda mais se tivermos bons servidores e estrutura tecnológica, com certeza teremos bons resultados. A Justiça Eleitoral tem uma característica de querer melhorar sempre e esse compartilhamento de informações e ferramentas é uma forma de demonstrar isso”, disse.

Em seguida o diretor-geral do TRE do Pará, Francisco Valentim elogiou as funcionalidades do SEI e disse que a decisão é pela adesão ao Sistema no TRE do Pará. “Já viemos para cá com a decisão quase que unânime de migrarmos para o sistema”, ressaltou. 

Equipe

Além do diretor-geral, Francisco Valentim, compuseram a equipe do Pará: Felipe Brito, Secretário de Tecnologia da Informação; Janilze Santos, Secretária de Administração; Patrícia Costa, Coordenadora de Material e Patrimônio; Sandro Tadaiesky, Chefe da Seção de Bancos de Dados e Daniel Lima, da Seção de Bancos de Dados. Do TRE-TO participou a Secretária de Gestão de Pessoas, Cristiane Boechat; o Secretário de Administração e Orçamento, Teodomiro Amorim; o Secretário de Tecnologia da Informação Substituto, Valdenir Júnior e o Assessor de Planejamento da DG, Fernando Mendonça.

Histórico 

O Sei foi cedido ao TRE-TO pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região por meio Termo de Cooperação Técnica para aquisição do código fonte, em junho de 2014. A nova ferramenta substituiu o Processo Administrativo Eletrônico (PAE) em todos os setores da Justiça Eleitoral tocantinense. A partir da liberação do código fonte, os técnicos da Justiça Eleitoral o adequaram à realidade burocrática, dotando-o de rotinas condizentes com a estrutura organizacional do TRE-TO. (Ascom TRE)