Polí­tica

Foto: Divulgação

Já se preparando para as próximas eleições, o Partido Social Liberal (PSL-TO) realizou neste sábado, 18, seu primeiro evento de filiação. Consolidado, o partido vem ganhando espaços importantes em diversas frentes e aposta no crescimento para expandir-se ainda mais na política.

Com a participação de mais de mil pessoas, segundo os organizadores, o encontro foi prestigiado por diversas lideranças políticas, a exemplo do prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), que na ocasião destacou a importância do partido tanto para a sua gestão como para política tocantinense. “O PSL é um partido que trata a política como uma coisa séria, com responsabilidade, com ideologia. E é disso que a política brasileira precisa”, disse.

Para o presidente regional do partido e secretário de transportes de Palmas, Cristian Zini, o encontro foi para mostrar para a sociedade que o partido faz política de um jeito diferente. "Com seriedade e voltada para o social”. O partido é de todos, nós somos uma família que se preocupa uns com os outros, e todos que querem fazer a diferença estão junto com a gente”, completou.

Eleito recentemente como deputado estadual pelo partido, Cleiton Cardoso disse que o PSL é um partido que governa para os que mais precisam e dá oportunidade para todos. “O PSL é um partido que se preocupa com as pessoas mais humildes e é isso que faz as pessoas se identificarem com o partido. Eu, antes, era só simpatizante, e depois que me juntei ao partido tive oportunidade de ser vereador e agora de ser eleito deputado”, comentou.

Os dois vereadores do partido na capital engrossaram o discurso de que o partido está organizado e se prepara para chegar mais longe. “A gente se organizou na simplicidade, mas nossa composição hoje mostra o quanto a gente pode ir muito mais longe”, disse Adão Índio. “O PSL quer convidar pessoas que acreditam que podem mudar a sua cidade e que se comprometem a fazer cada vez mais pelo eleitor”, completou Gerson da Mil Coisas.

Presidente regional do PSL Mulher e também presidente da Fundação Cultural de Palmas, Eliane Campos, falou sobre a importância da participação da mulher na política. “Esse encontro serve para buscarmos também a participação de mulheres para que em 2016 a gente possa fazer a diferença com a participação feminina no processo eleitoral”.

Já o presidente metropolitano e secretário geral do partido, Lucas da Lince, destacou que o evento de filiação do partido é com foco nas eleições de 2016 e 2018. “Em 2016 nós vamos crescer ainda mais e em 2018 nós vamos nos consolidar, unificando apoio com foco em uma vaga na Câmara Federal”.

Ainda estiveram presentes no evento o vice-presidente metropolitano do PSL, Rui Simon, a presidente metropolitana do PSL Mulher, Maria de Jesus e o suplente de vereador de Palmas, Irmão Jairo.

Autoridades como o secretário municipal de Integração Social e Defesa do Consumidor, Tiago Andrino, o secretário da Educação de Palmas, Danilo de Melo, a secretária de Desenvolvimento Econômico e Emprego de Palmas, Cleide Brandão, o vereador pelo PSC, Pastor João Campos e o reitor da Universidade Federal do Tocantins - UFT, Márcio da Silveira também prestigiaram o encontro. (Da assessoria)