Estado

Foto: Divulgação

A organização denominada de Pró-estrada do município de Itacajá a 280 km de Palmas, organiza manifestação com carreata para cobrar a pavimentação da T0-239 e do Governo federal da BR-010. O movimento local vem mobilizando a população itacajaense para se manifestar a partir das oito horas de sábado, dia 25. A TO-239 liga a cidade à BR-153 via Itapiratins, e teve a pavimentação iniciada no governo de Sandoval Cardoso, mas foi paralisada na gestão atual, faltando cerca de 30 km para chegar em Itacajá.

A crítica em relação os acessos recai também sobre a situação da BR-010, pois a estrada federal seria a principal ligação da cidade à capital do Estado, mas a construção da mesma foi embargada em 2007, e nunca mais foi reiniciada. Itacajá está dentro do Território Nordeste do Tocantins e dos 14 municípios que compõem essa região, 8 delas não possuem ligação asfáltica.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itacajá, Amilton Rodrigues da Silva garante que a situação é precária e que a população espera uma resposta urgente do Estado e do Dnit. Ele diz ainda que apesar de várias manifestações sobre as obras nunca tiveram resultados positivos.

A empresária, Cida Melo observa que devido as más condições das rodovias, comerciantes e produtores não conseguem transportar mercadorias, e nem escoar a produção com a segurança que deveria. 

Para Cida outra realidade crítica, é quando precisa de socorro aos doentes, situação que segundo ela gera angustias aos moradores.A população local está articulando com o já conhecido “Movimento Pro-BR-010” para juntos realizarem a carreata de sábado e demais mobilizações que chame atenção para os problemas da região.

Membros do BR-010 afirmam que estão esperando a confirmação ou não pelo Governo Federal de uma emenda orçamentária destinada à BR-010. Se por acaso for cortado o recurso, o movimento garante que vai endurecer a forma de reivindicar.

Uma das alternativas de manifestação cogitada pelos dois movimentos é a interdição de trecho da BR-153. Elpídio Ferreira Lopes, um dos coordenadores do Movimento Pró-BR-010, disse que estavam otimistas com a aprovação do recurso no Orçamento de 2015, mas agora convivem com a ameaça de cortes da verba. “Com a crise o Governo anuncia cortes no orçamento, e até o momento não se sabe se o recurso para a BR-010 será mantido ou não, mas vamos reagir caso o corte aconteça”, assegurou Elpídio.