Palmas

Foto: Divulgação

O PV do Tocantins encaminhou nota sobre a manifestação dos comerciantes com relação ao estacionamento rotativo de Palmas. 

A posição do partido se dá porque o PV entende que as ações da Prefeitura de Palmas têm que promover o desenvolvimento social e fomentar a economia e não ao contrário, "como estamos vendo nas reclamações e protestos dos comerciantes da região central de Palmas que veem suas vendas despencarem e a ameaçada à sobrevivência de seus negócios pela implantação das regras do estacionamento rotativo implantado pela Prefeitura", justifica a nota.

Veja a íntegra da nota:

O Partido Verde se solidariza e apoia as manifestações realizadas pelos comerciantes da Avenida JK, em Palmas, nesta quarta-feira (29/04), que reivindicam a revisão do sistema de estacionamento rotativo implantado pela prefeitura de Palmas.

A posição do partido se dá porque o PV entende que as ações do poder público municipal têm que necessariamente promover o desenvolvimento social e fomentar a economia e não ao contrário, como estamos vendo nas reclamações e protestos dos comerciantes da região central de Palmas que veem suas vendas despencarem e a ameaçada à sobrevivência de seus negócios pela implantação das regras do estacionamento rotativo implantado pela Prefeitura.

Entidades respeitadas na Capital, como a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins (Fecomércio), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa) encamparam essa luta e o PV também, defendendo reivindicações como a tolerância de 30 minutos para cobrança mínima de estacionamento; a mudança do horário de cobrança, passando das 10 horas às 16 horas; que a cobrança do valor por hora caia de R$ 2,00 para R$ 1,00; a liberação de cobrança dos estacionamentos aos sábados; assim como a não cobrança para veículos de carga, idosos e deficientes. Além disso, os comerciantes reivindicam que as pessoas possam utilizar o saldo de minutos não usados para outra vaga.

O PV entende que o sistema de estacionamento rotativo criado e implantado pela prefeitura, da forma como está hoje, funciona apenas como um mero arrecadador de taxas para a prefeitura e não cumpre seu papel de promover o desenvolvimento da cidade, respeitando o fomento à economia e a geração de emprego e renda.

O Partido Verde esclarece que não vai se omitir na discussão de assuntos que tratem da melhoria da nossa Capital e de nosso Estado. O PV acredita que a luta do partido na defesa dos interesses do cidadão é um ato de cidadania e de responsabilidade do partido com o povo tocantinense.