Polí­tica

Foto: Divulgação

O Partido Verde, comandado pelo ex-deputado Marcelo Lelis começa nesta quarta-feira, 6, visita e mobilização em vários municípios do Estado para reorganização do partido e preparação para as eleições do próximo ano. A primeira rodada será em 12 municípios da região do Bico do Papagaio: Araguatins, Esperantina, Buriti, São Sebastião, Axixá, São Miguel, Sítio Novo, Itaguatins, Cachoeirinha, Luzinópolis, Santa Tereza e Nazaré. A mobilização começa pelo interior para depois fazer um grande encontro. O deputado e sua equipe

O  ex-deputado estadual e presidente estadual do PV, Marcelo Lelis disse ao Conexão Tocantins que a intenção é fortalecer o partido. "Fizemos um outro movimento do PV em 2014 e naquele momento a gente pode entender pela primeira vez enquanto havia uma avenida larga para se trabalhar o fortalecimento do PV no Estado. Isso nos ensinou muita coisa”, lembrou.

Segundo o deputado, o PV está bem posicionado no governo. “Começou uma procura por líderes do Estado todo e vamos dar posse aos 139 presidentes nas suas cidades para mostrar estabelecer vínculo forte e dizer claramente ao povo da cidade que nosso compromisso é com a população do Estado. Esse é o momento único para o PV”, disse.

A meta, segundo Lelis, é triplicar a representatividade do partido em 2016 que tem atualmente 43 vereadores. “Nosso objetivo é chegar na casa de 130 vereadores. Estou falando isso após estudar o cenário com pé no chão”, disse. O movimento acontece até o final do prazo de filiação em setembro. “Queremos conhecer o projeto do PV de perto em todos os municípios”, disse.

Questionado sobre a capital, Lelis disse que a definição sobre uma possível candidatura sairá no próximo ano junto a seu grupo político. “Nada vai me fazer deixar de defender o que eu acredito, discutir problemas e as soluções dos problemas de Palmas, isso é algo que está no meu sangue, vou continuar nessa defesa do lugar que eu vivo e que eu gosto. Políticamente disputar ou não eleição será decisão tomada lá na frente baseada numa decisão coletiva de um grupo do qual eu faço parte”, disse.

O presidente do partido disse que se tiver decisão coletiva e um caminho favorável estará pronto para disputar.

Por: Redação

Tags: Marcelo Lelis, Partido Verde