Polí­tica

Foto: Divulgação

A deputada federal Dulce Miranda aponta que a Reforma Política tem que ser debatida com a sociedade antes de ser votada na Câmara. Conforme a parlamentar, que participou da audiência pública sobre o tema na manhã desta segunda-feira, 11, no auditório da Assembleia Legislativa, em Palmas, é essencial discutir ainda a participação de mais mulheres na política brasileira em todas as esferas. O deputado federal Marcelo Castro (PMDB-PI), relator da reforma na Câmara Federal, participou do evento.

Vice-líder do PMDB na Câmara Federal, a parlamentar destaca que a Reforma Política tem que possibilitar maior e efetiva participação das mulheres. “Não podemos fazer uma Reforma dessa importância sem falar com a população, sem saber o que a sociedade entende da reforma e o que quer. O Congresso vai decidir como será a reforma, mas o debate é muito positivo”, disse Dulce Miranda.

Para Dulce Miranda, a deputada federal Josi Nunes e o deputado estadual Nilton Franco tiveram uma excelente iniciativa em trazer o debate para o Tocantins através da audiência pública.

Mudanças

O tema tem sido debatido na Comissão Especial da Reforma Política da Câmara dos Deputados. Entre os diversos pontos estão a redução do número de partidos, o financiamento de campanhas, o fim da reeleição, unificação das eleições além de mudança do sistema eleitoral entre diversos outros pontos. A previsão é que as mudanças sejam votadas pelos deputados federais ainda neste mês.