Polí­tica

Foto: Divulgação

O secretário municipal de Integração social, Tiago Andrino articula nos bastidores para tentar assumir temporariamente uma vaga na Câmara dos Deputados. Ele já chegou a conversar várias vezes com o deputado e presidente regional do PRB, Cesar Halum para tratar do assunto conforme o parlamentar confirmou ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 26.

Segundo Halum, mesmo com o interesse de Andrino a articulação passa pelo ex-vice-governador do Estado, João Oliveira (Democratas) que é o segundo suplente. “Ele tem me procurado mas o segundo suplente é o João Oliveira”, ponderou. Com a suposta licença, Halum se dedicaria à reestruturação do PRB no Estado. “Preciso de tempo para dedicar ao Estado e ao partido”, disse.

Através de Halum o PRB pode ser mais um dos partidos que deve apoiar a reeleição do prefeito Carlos Amastha (PSB). “Sempre tive relação de amizade mas nunca tive comprometimento de governo nem indiquei nenhum cargo. Não tenho nenhuma dificuldade de apoiar Amastha”, revelou.

Corte

O deputado comentou ainda sobre o corte no orçamento anunciado pelo Governo Federal principalmente nas emendas. “Nas emendas impositivas há um artigo que diz que o contingenciamento tinha que ser linear aos ministérios e nesse ponto o governo cortou igual. Nossas emendas caíram de R$ 16 mi para R$ 8,3 mi”, frisou.

Segundo Halum a “chiadeira” é grande porque principalmente para o Tocantins, onde maioria dos municípios são pequenos, as obras chegam através das emendas. “Nunca chega dinheiro nos municípios pequenos a não ser por emendas. O governo (federal) deveria cortar na própria carne e cortar o custeio e não o investimento”, disse.