Estado

Foto: Divulgação

Com o objetivo de levar segurança pública até os municípios que não têm estrutura física de delegacia de polícia, a Polícia Civil (PC) de Itacajá vem desenvolvendo o projeto Delegacia Itinerante. Coordenado pelo delegado de Polícia do Interior, Márcio Girotto Vilela, o projeto atende pessoas que têm dificuldades em registrar uma ocorrência, seja devido à distância ou pela falta de recursos financeiros para arcar com o deslocamento até uma delegacia de polícia mais próxima.

A primeira etapa do projeto aconteceu em Recursolândia. Durante os dias 27, 28 e 29 de maio, o delegado de Polícia Civil Marco Aurélio Barbosa Lima e a equipe da Delegacia de Polícia de Itacajá atenderam a população urbana e rural do município. Segundo o delegado, a ação torna o serviço da PC ainda mais presente e eficiente na região, com resultados satisfatórios na prestação de serviços ao cidadão e na apuração de crimes.

Durante a ação, foram ouvidas 55 pessoas, com declarações, interrogatórios e depoimentos. Ao todo, foram realizados 33 procedimentos, entre inquéritos policiais, termos circunstanciados de ocorrência, boletins circunstanciados de ocorrência, cartas precatórias e requisições do Ministério Público Estadual (MPE) para apuração de crimes como: homicídios tentados, culposos e consumados; ameaças; violência doméstica; estupro de vulnerável; aborto; furto; receptação; lesão corporal grave; peculato; esbulho possessório; desacato a servidor público; abandono material e intelectual.

Com resultado positivo em Recursolândia, o Projeto de Delegacia Itinerante terá novas etapas. Ainda este ano, em datas a serem definidas, será estendido às cidades de Centenário e Itapiratins, pertencentes à circunscrição da Delegacia de Polícia de Itacajá. O projeto conta ainda com o apoio da Policia Militar da região. (Ascom SSP)