Estado

Foto: Divulgação

O Juizado Especial Cível da Comarca de Gurupi divulgou balanço das audiências durante o mutirão, que ocorreu na última semana, entre os dias 8 e 12/6. Das 160 audiências designadas, 156 foram realizadas, atendendo 309 pessoas. A ação é resultado da parceria entre o Juizado Especial Cível e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos (Cejusc).

Para a juíza Maria Celma Louzeiro Tiago, responsável pelo mutirão, a semana foi muito produtiva, sendo homologados acordos, além de instruções e sentenças nas audiências. "A entrada de processos no Juizado Cível de Gurupi é grande, em média 150 processos por mês, sendo que na maioria precisa ser realizada uma audiência una antes da sentença. Com a concentração de audiências alcançamos o nosso objetivo de antecipar a pauta, mantendo em uma média de quatro meses, e assim julgar os processos com a celeridade que o jurisdicionado espera da Justiça", afirmou a magistrada.