Educação

Foto: Divulgação

O Índice Desigualdade Socioeducacional (IDSED) foi apresentado nesta quarta-feira, 17, ao diretor do Instituto de Consultoria Publix, Caio Marini, que no Tocantins coordena o trabalho de Planejamento Estratégico do Governo do Estado. Ele estava acompanhado pelo secretário de Estado do Planejamento, David Siffert Torres, e da subsecretária do Planejamento, Regina Botelho.  O IDSED foi desenvolvido por Adão Francisco, enquanto professor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), e agora será um dos indicadores do Plano Plurianual Anual (PPA) para os próximos quatro anos.

De acordo com o secretário Adão Francisco, o IDSED tem a função de medir as desigualdades socioeducacionais e aponta para políticas públicas voltadas para a realidade das regiões administrativas do Tocantins. “Com o índice aplicado saberemos o que ensinar aos jovens, seguindo as especificidades de cada região, com o objetivo de corrigir as desigualdades socioeducacionais”, explica o secretário.

O diretor da Publix considera o IDSED inovador e que será um importante indicador na elaboração do planejamento estratégico e do Plano Plurianual Anual do Estado. “O índice será incorporado como indicador da Educação e tenho certeza que será um importante instrumento para a redução das desigualdades no Tocantins”, disse Caio Marini.

O secretário do Planejamento, David Torres, também frisou que o IDSED é uma ferramenta importante na elaboração do PPA e das diretrizes administrativas do Governo. “Com o índice da desigualdade socioeducacional teremos um PPA mais factível, voltado para o que de fato necessita as diversas comunidades. Teremos mais coerência entre o PPA e o Orçamento”, disse David Torres.

Por: Redação

Tags: Adão Francisco, Davi Torres