Polí­tica

Foto: Divulgação

A pauta da tarde do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para esta terça-feira, 23 de junho, prevê o julgamento de vários processos que, se considerados procedentes, tendem a provocar uma revolução na política local. A principal ação da sessão, prevista para começar às 17 horas, é do Ministério Público Eleitoral (MPE) contra o governador Marcelo Miranda (PMDB) e a vice-governadora Cláudia Lelis (PV) e pede a cassação dos diplomas dos dois políticos.

A acusação é captação ilícita de recursos financeiros, o popular caixa 2. O caso envolve um avião apreendido em Goiás durante a campanha eleitoral do ano passado. A aeronave transportava R$ 500 mil e santinhos do então candidato a governador Marcelo Miranda.

A história é nebulosa e envolve várias pessoas que estavam trabalhando para Marcelo e teriam ido buscar o dinheiro em Goiás. O veículo utilizado para levar o dinheiro até o avião estava no nome do PMDB e o MPE tem várias provas de contatos das pessoas que estavam com o dinheiro com o irmão do atual governador.

Também está pautada ação semelhante do MPE contra o deputado Carlos Gaguim (PMDB), pois os santinhos que estavam no avião eram de Marcelo e do parlamentar.

Outras ações previstas para serem julgadas na tarde desta terça-feira são movidas pelos candidatos derrotados governador Sandoval Cardoso (SD) e Ataídes Oliveira (PSDB), hoje senador pelo Tocantins. Eles também pedem a cassação de Marcelo, Cláudia e mais do deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (PTB). As acusações são abuso de poder econômico e abuso de poder político durante as eleições de 2014.