Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Osíres Damaso (Democratas) concedeu entrevista nesta quarta-feira, 24, na qual pediu a interrupção da greve dos servidores do Quadro Geral. Damaso estima que uma solução e consenso possa ocorrer entre governo e sindicalistas ainda nesta quarta-feira quando a Comissão de Constituição e Justiça- CCJ voltará a se reunir em caráter extraordinário. Na ocasião devem ser ouvidos representantes do governo e do sindicato dos servidores públicos.

“A Assembleia está contribuindo para esse processo, o governo com  as dificuldades que está passando está com dificuldade de contemplar os servidores e com a intervenção da Assembleia continuamos buscando  o entendimento com sindicatos e temos certeza que vamos chegar a um consenso”, disse.

Damaso disse ainda que a greve do Quadro geral está trazendo muitos transtornos para a população. “Esperamos que o servidor possa fazer sua parte, interromper a greve o mais rápido possível para que a população não fique mais prejudicada”, disse.

O líder do governo, Paulo Mourão (PT) disse ao Conexão Tocantins na manhã de hoje que o governo está analisando a propositura dos sindicatos e que analisará todas as possibilidades.

Os servidores continuam com as mobilizações na Assembleia Legislativa.

A greve

A greve dos servidores do Quadro Geral dura nove dias. Os servidores protestam contra a proposta do governo de parcelar em duas vezes o índice da data-base em razão das dificuldades financeiras do Estado. O projeto de autoria do Executivo está na Assembleia Legislativa que tenta intermediar a discussão e fazer com que haja consenso. Muitos deputados já se manifestaram a favor do pagamento de parcela única com querem os servidores.