Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual José Bonifácio (PR) discutiu com os servidores grevistas que se manifestaram na sessão da Assembleia legislativa nesta terça-feira, 30. Ele fazia um discurso sobre a política nacional quando foi vaiado pelos servidores que se manifestaram ainda em coro e com faixas. “É preciso que até os badernistas, os homens públicos, os trabalhadores tenham antes de tudo respeito quando alguém está falando. Não estou falando nada de servidor porque vocês não tem a educação de quando um burro estiver falando os outros baixam a orelha”, afirmou

A manifestação dos servidores continuou durante o discurso e o deputado também: “Vocês devem ser quase todos formados, o que é isso? Vão tomar vergonha! Eu não tenho nada a ver com data-base, sou funcionário é federal. Vamos respeitar, eu voto a favor de vocês”, disse.

O parlamentar disse ainda que a Casa de Leis não tem apenas a demanda dos servidores para analisar. “Vocês acham que a Assembleia está aqui para ser monitorada pelas vossas vontades? Vocês são uma parte, nós temos um estado todo as demandas são várias”, afirmou ao garantir que as demandas serão discutidas com serenidade.

O presidente da Casa de Leis, Osires Damaso (Democratas) informou aos grevistas que a data-base será discutida na comissão ás 14 horas na Comissão. “ não tem como interromper sessão para tramitar matéria. Fiquem tranquilos que a Casa está ao lado dos servidores públicos”, disse.

O deputado Valdemar Junior é o relator do projeto do governo que trata da concessão da data-base em duas parcelas em razão da situação financeira do Estado. Os servidores estão em greve há mais de 10 dias por não concordarem com o parcelamento.