Polí­cia

Foto: Divulgação

Um acidente no início da manhã de hoje, a cerca de 25 quilômetros de Natividade, região Sudeste do Tocantins, causou a morte da jovem Nayara de Araújo Ramos, de 18 anos. Ela e outras duas pessoas estavam no carro que capotou na TO-280.

Nayara era cantora e se apresentava há cerca de oito anos com o nome artístico de Nayara e seus teclados. No momento do acidente, ela voltada de um show em Natividade, onde se apresentou durante formatura de turma da Escola Agrícola do município.

O acidente foi por volta das 7h40, na estrada que liga Natividade a São Valério. De acordo com a tia de Nayara, Hildaci Francisco de Araújo, que conduzia o veículo, ela perdeu o controle da direção ao se deparar com um buraco na pista. Sem cinto de segurança, a jovem foi arremessada para fora do carro.

Além de Nayara e da tia, também estava no carro Manoel de Jesus de Souza. Ele machucou o braço e foi conduzido ao hospital com dores abdominais. O corpo da jovem deve ser liberado ainda hoje para o velório, em Gurupi, cidade natal de Nayara. Já o enterro deve ser nesta segunda-feira, após a chegada de parentes que moram em outras cidades.

Palmas

O motociclista Edinaldo Ferreira da Rocha, idade não informada, morreu na manhã deste domingo, 5, após ser atropelado e arrastado cerca de 100 metros por uma caminhonete. O acidente aconteceu na avenida LO-15, próximo à Avenida Theotônio Segurado, na Capital. A vítima chegou a ser encaminhada para o Hospital Geral de Palmas (HGP), mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo informações de agentes de Trânsito da Prefeitura, a ocorrência foi registrada por volta das 8h10. A vítima estava conduzindo uma biz, que trafegava no mesmo sentido da caminhonete, que era conduzida por Adenilson Rodrigues Silva Junior, de 28 anos.

Conforme informou o supervisor de Trânsito de Palmas, Paulo César de Lima Pereira Júnior, que esteve no local do acidente, o motorista da caminhonete aparentava estar embriago e dirigia em alta velocidade. Ele recusou fazer o teste do bafômetro, mas um termo de constatação de embriaguez foi elaborado pelos agentes.

Ainda segundo o supervisor, Junior tentou fugir do local sem prestar socorro, mas foi perseguido pelos agentes de trânsito e preso em flagrante. Em seguida, ele foi levado para o 1° Distrito Policial de Palmas, onde foi indiciado por homicídio doloso.