Turismo & Lazer

Foto: Divulgação

O primeiro fim de semana de praias no Tocantins recebeu um público diário de 35 mil pessoas de acordo com levantamento feito pelos bombeiros. Para atender a demanda foram designados 95 guarda-vidas entre bombeiros e civis que atuaram em 27 praias divididas em 23 municípios. Os atendimentos realizados em sua maioria foram de prevenção. Houve um óbito por afogamento Araguanã, norte do estado, fora do circuito das praias.

O acidente aconteceu no sábado, 11, por volta das 18h30min, Guaracy Bevilaque Filho, 47 anos, pecuarista de Araguaína, acampava com um grupo de pessoas em um local fora da área de atuação dos bombeiros. Ele e parte do grupo saíram em uma embarcação para áreas banho, quando os demais perceberam Guaracy havia desaparecido.

Os bombeiros foram acionados e as buscas tiveram inicio por volta de 05h da madrugada do domingo, 12. Equipes de mergulhadores foram mobilizadas e o corpo do pecuarista foi encontrado por volta de 11h30min da manhã do mesmo dia em Xambioá, distante 20 km do local do afogamento.

Já em Araguacema os bombeiros atenderam uma vítima de afogamento que foi salva com vida e outra de ataque de arraia.  Em Peixe também foi registrado um atendimento de ataque de arraia.

Em todo o Tocantins foram realizados atendimentos de diversas naturezas, mas a com maior número de registros foi o de atividades preventivas com intervenções realizadas pelos bombeiros, junto à população, ao todo somam 741. Já os típicos do ambiente de praia como afogamentos e salvamentos foram 46 em todo o Tocantins. Os bombeiros atenderam ainda ocorrências como agressão física entre outras que também acontecem fora do âmbito de praias, essas contabilizaram 09 no total.