Polí­cia

Foto: Divulgação

Com o intuito de combater a pirataria, foi deflagrada em Palmas, na manhã desta sexta-feira, 17, a operação policial Corsário II, que resultou na prisão em flagrante de Fernando R. da C., 20 anos, acusado de praticar o crime de pirataria. No momento da prisão Fernando estava em sua residência, no Jardim Taquari, região Sul da Capital.

De acordo com informações do delegado Pedro Ivo, responsável pelo caso, o acusado já estava sendo investigado há algum tempo, por ter fortes indícios de envolvimento com  a comercialização de CDs e DVs pirateados. “Nosso investigadores já estava monitorando a rotina do autuado a fim de comprovar se, de fato, o mesmo tinha ligação com a produção e venda de produtos piratas e, na manhã desta sexta, fomos até a residência do mesmo, onde encontramos muitos produtos falsificados e pirateados, além de equipamentos, que eram utilizados na falsificação das mídias comprovando, assim, as suspeitas iniciais”, ressaltou.

Na operação foram apreendidos equipamentos destinados a reprodução de CDs e DVs piratas, matrizes, discos virgens, cópias reproduzidas e demais acessórios utilizados na confecção de mídias de jogos e softwares, destinados à venda. Ao ser ouvido pelo delegado, Fernando confessou a autoria do crime e relatou ser o fornecedor destes produtos a vendedores ambulantes da Capital.

Conforme o delegado, o crime cometido pode render até quatro anos de prisão. Após os procedimentos legais, Fernando foi recolhido encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. (Ascom SSP)