Campo

Foto: Manoel Pedroza Filho A tilápia é o peixe mais produzido no Brasil A tilápia é o peixe mais produzido no Brasil

O projeto coordenado pela Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas-TO) que estuda a cadeia produtiva da tilápia continua as viagens para conhecer de perto as diferentes realidades do país. Na última semana, o polo produtivo do Submédio São Francisco, região que envolve as divisas de Bahia, Pernambuco e Alagoas, foi visitado. E, nesta semana, é a vez do polo produtivo do Ceará.

Renata Melon Barroso, analista de pesquisa da Embrapa e coordenadora do projeto, explica que a lógica das visitas que estão acontecendo é a mesma das outras já ocorridas (polos produtivos no Paraná, em Santa Catarina e em São Paulo). "Entrevistamos todo o setor produtivo: engorda, alevinagem, fábrica de ração, fábrica de tanques-rede, mercado, atravessadores", enumera.

Além de Renata, o pesquisador Manoel Pedroza Filho, também da Embrapa Pesca e Aquicultura, está visitando os dois polos. Na Bahia, estiveram juntos o professor Ruy Albuquerque Tenório, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). e o empresário Mahmoud Wehbi. No Ceará, os parceiros da visita são Antônio Albuquerque, da Associação Cearense de Aquicultores (Aceaq), e Elda Fontineli, do Instituto Centro de Ensino Tecnológica (Centec).

A coordenadora do projeto conta que "em ambos os polos estudados, a falta de entreposto ou planta processadora é um gargalo tanto para a comercialização, quanto para a diferenciação do produto e valor agregado. Os polos do Nordeste também apresentam diferenças entre si com relação à estrutura da cadeia da tilápia, as condições ambientais para a produção, a participação do setor produtivo, o apoio do setor público e ação da câmara setorial". 

Projeto

Para desenvolver o projeto "Indicadores socioeconômicos do desempenho da produção de tilápia no Brasil", a Embrapa conta com a parceria de várias instituições de diferentes estados. A cada viagem de trabalho, parceiros locais participam, principalmente por já atuarem nas respectivas regiões e compreenderem demandas e necessidades da cadeia específica.

O projeto vem divulgando boletins informativos periódicos sobre o mercado da tilápia. Os mais recentes referem-se ao primeiro trimestre de 2015 (acesse clicando aqui) e ao quarto trimestre do ano passado (clique aqui para acessar). A tilápia é o peixe mais produzido no país. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)de 2013 apontam que foram produzidas quase 170 mil toneladas da espécie no Brasil naquele ano.

Por: Redação

Tags: Embrapa, Renata Melon Barroso, campo