Cultura

Foto: Divulgação

Peças de curta duração, geralmente de caráter cômico e com grande capacidade de improvisação. Essa é a definição de esquetes. Os Trapalhões, por exemplo, sucesso durante décadas, era um programa composto por uma série de esquetes. Neste sábado, é a vez de grupos teatrais, amadores ou profissionais, mostrarem seu talento no palco do Teatro Sesc Palmas.

O Festival de Esquetes chega a sua quinta edição e dá chance para grupos teatrais do estado mostrarem o trabalho e o talento, além de incentivar a formação de novos artistas e a troca de experiências entre eles em uma competição sadia, que vai muito além da disputa. A apresentação se inicia às 18h e a entrada é gratuita. Os ingressos são retirados a partir das 17h na Bilheteria do Teatro.

Além do Festival de Esquetes, a Aldeia Jiquitaia oferece neste sábado uma grande pedida para os cinéfilos. Paulo Vieira está presente novamente na telinha com o filme “Ouça-me”, que conta a trajetória de Roberto, motorista de ônibus, que vai precisar buscar um novo sentido na vida, através dos sons de sua história, ao descobrir uma enfermidade que mudará sua forma de encarar o mundo. A sessão começa às 19h, no CineSesc Palmas. Entrada gratuita.

Sábado também é dia de performances e oficina. A partir das 9h, acontece a oficina “Palhaço, o Poeta da Cena”. Comandada por Tiago Marques, o minicurso vai invadir o mundo dos palhaços (vivência, linguagem, técnicas). A oficina vai acontecer na Sala do Pré-Vestibular, no Centro de Atividades (502 Norte) das 9h às 13h. Só irão participar as 20 pessoas que fizeram a inscrição previamente.

Já a performance “Cor-r em mim”, de Graciele Arsego, vai envolver muita cor. Pintados com as cores do arco-íris, os artistas da intervenção cultural caminham em direção ao público e pedem que eles desenhem um coração em qualquer parte do corpo dos artistas, em um processo de liberdade e sem timidez, principalmente em relação a assuntos do coração. Ela será realizada no Parque Cesamar, a partir das 17h.

Domingo

O último dia da Aldeia Jiquitaia vai ser marcado por um pipoqueiro de circo que precisa subir ao palco para salvar o espetáculo. É isso mesmo. Ritalino aparece para vender suas pipocas e assistir ao show que vai começar. Só que no palco não há artistas e sem eles não há público para comprar pipocas. 

Assim, o pipoqueiro, acostumado a assistir as apresentações, entra em cena e vai ser a estrela da noite. Com muita interação com o público, “O Melhor Show do Mundo...na Minha Opinião”, começa às 18h, no Teatro Sesc Palmas. Os ingressos custam R$ 5 (usuário), R$ 3,50 (conveniado) e R$ 2,50 (meia/comerciário e idoso). As entradas são vendidas a partir das 16h30, na bilheteria do teatro. 

Programe-se 

Dia 25 de julho 

Oficina: Palhaço, o poeta da cena

Horário: das 9h às 13h

Local: Sala do Pré-Vestibular Sesc Palmas 

Performance: Cor-r-em-mim

Horário: 17h

Local: Parque Cesamar 

Teatro: Festival de Esquetes

Horário: 18h

Local: Teatro Sesc Palmas

Retirar ingressos a partir das 17h, na bilheteria do teatro. 

Filme: Ouça-me

Horário: 19h

Local: CineSesc Palmas 

Dia 26 de julho 

Circo: O melhor show do mundo... na Minha Opinião

Horário: 18h

Local: Teatro Sesc Palmas

Ingressos: R$ 5 (usuário)| R$ 3,50 (conveniado)| R$ 2,50 (meia/comerciário e idoso).

Ingressos vendidos a partir das 16h30, na bilheteria do teatro.