Estado

Foto: Davino Lima

O Presidente do Departamento Estadual de Transito do Tocantins (Detran/TO), coronel Eudilon Donizete Pereira, reuniu-se na tarde dessa quinta-feira, 30 de julho, com representantes de Centros de Formação de Condutores (CFC) de todo o estado. O encontro teve como objetivo promover o diálogo entre o órgão e a classe, além de estabelecer a institucionalização de uma comissão formada pelos representantes, a qual participará das decisões tomadas pelo Detran/TO.

A comissão será formada pelos donos dos CFCs e terá como objetivo contribuir na gestão do órgão no que diz respeito à normatização do processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para tal, após a sua formação, a comissão será legalmente reconhecida pelo Detran.

O dono de CFC categoria A, Helder Messias, aponta os benefícios desse posicionamento, tanto dos CFCs, quanto do Detran. “Ao garantir esse diálogo constante o Detran-TO está quebrando barreiras e melhorando um sistema que a anos está defasado”.

O presidente do Detran, observa que essa interação do órgão com os Centros de Formação de Condutores trata-se de uma necessidade e a comissão representa o ideal da gestão, que preza pela proximidade entre governo/órgão e os representantes da sociedade. “A participação é fundamental para que possamos construir uma gestão a qual atenda ás necessidades de todos”, comentou Eudilon Donizete Pereira.

 A comissão 

A ideia de uma comissão permanente, a qual possa ajudar na estrutura normativa do transito no Tocantins, priorizando sempre a qualidade do ensino e os interesses da população geral, veio por meio do diálogo entre os CFCs e a Gerencia de Credenciamento e Controle do Detran-TO, que já buscava essa aproximação em suas interações diárias e no serviço prestado.

Através da Gerencia de Credenciamento e Controle o Detran/TO normatiza as atividades dos CFCs, assim como de despachantes e clínicas médicas que oferecem os exames necessários para a obtenção da CNH. Desta forma, qualquer empresa deste ramo precisa ser credenciada junto ao Detran-TO, para que possa desempenhar as suas atividades dentro do estado.