Campo

Foto: Divulgação

O projeto Transferência de tecnologia para a bovinocultura leiteira do Estado do Tocantins promoverá, entre 11 e 13 de agosto, mais um módulo de capacitação. Será em Paraíso do Tocantins, no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O Projeto ABC Leite começou em 2012 e vem capacitando técnicos multiplicadores, sobretudo da extensão rural pública tocantinense.

Pedro Alcântara, analista de transferência de tecnologia da Embrapa Pesca e Aquicultura, é o coordenador. Segundo ele, "os multiplicadores, de uma forma geral, têm se demonstrado satisfeitos com o projeto. Estes consideram que o conhecimento adquirido durante os cursos tem colaborado com a atividade profissional deles, principalmente considerando que têm a oportunidade de implantar nas Unidades de Referência Tecnológica (URTs) os processos e as tecnologias aprendidos em sala de aula. Desta forma, aprende-se fazendo".

Sobre avanços obtidos por propriedades atendidas pelo projeto, Pedro comenta que têm sido observados. Recentemente, o ABC Leite passou por avaliação de impactos. Para isso, foi utilizado o Sistema de avaliação de impactos ambientais de inovações tecnológicas agropecuárias (Ambitec-Agro), desenvolvido pela Embrapa. "Todas as propriedades apresentaram indicadores positivos, principalmente com relação à qualidade de solo, à utilização eficiente de insumos, à geração de renda e ao bem-estar animal", enumera Pedro.