Palmas

Foto: Carlos Magno

Rica em história e cultura, a maior praça da América Latina, a Praça dos Girassóis, passou por melhorias em sua estrutura. O Governo do Estado finalizou, nesta semana, a restauração da Cascata, que está localizada na Ala Sul da praça, ocupando uma área de 1.200 m² e simbolizando a riqueza natural do Tocantins. Foram realizadas, troca do motor elétrico, limpeza e tratamento da água do complexo de piscinas, pintura dos postes que ficam em torno do monumento, além da substituição dos globos de lâmpadas.

“A restauração foi realizada por um quadro próprio de servidores da Secretaria Geral do Governo, não havendo, portanto, nenhuma empresa contratada para realização dos reparos, o que gerou economia ao erário”, destacou o superintendente de Administração e Finanças, Jânio Potengi Cirqueira de Carvalho, acrescentando que existe um cronograma para reparos em todos os demais monumentos da praça.

Ainda segundo Jânio, a cascata possui três reservatórios com quedas d’água com volumes diferentes e o visitante pode caminhar sobre as pedras. “A água é adequada para o consumo das aves que pousam no local”, explicou.

O vendedor, Antônio Neves, 55 anos, natural do Maranhão, mas mora na Capital há 20 anos e visita com frequência a praça. “Gosto muito de fazer caminhada  aqui. Ela está ainda mais bonita depois que a cascata voltou a funcionar”, falou.

A praça

O Mapa do Tocantins, o Relógio do sol, a Praça Krahô, o Memorial Coluna Prestes, a Cascata, a Fonte Luminosa, o Centro Geodésico do Brasil, o Cruzeiro estão entre os monumentos que compõem a Praça dos Girassóis, um dos cartões-postais do Estado, sendo um atrativo para quem deseja conhecer a cultura tocantinense. Além disso, a 2ª maior praça do mundo, com uma área de 571.000 m², também abriga o centro de decisões dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.