Cursos & Concursos

Foto: Heitor Iglesias

Visando assegurar a preparação necessária aos profissionais de saúde para atuar em situações de risco por ocasião de eventos de massa no Tocantins, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realiza a partir da próxima segunda-feira, 24, a Oficina Técnica sobre Emergência em Saúde Pública por Ameaça Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (QBRN). A oficina tem início a partir das 9 horas, no auditório do 4º andar do Anexo I da Sesau e segue até o dia 27.

A proposta, segundo a diretora estadual de Vigilância Ambiental e Saúde do Trabalhador, Adriane Feitosa Valadares, é a preparação de profissionais de saúde que irão atuar no I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI), que acontecem de 23 de outubro a 1 de novembro de 2015 em Palmas e que irão concentrar grande número de pessoas, profissionais, colaboradores, indígenas de 24 etnias e visitantes do mundo todo.

“Vamos oferecer a esses profissionais que vão trabalhar nos jogos informações e embasamentos necessários para atuar de forma articulada em situações de risco e de modo a permitir uma resposta a uma ameaça, acidente ou desastre envolvendo agentes químicos, biológicos, radiológicos ou nucleares”, acrescenta Adriane.

Vigidesastres

O responsável pela Área Técnica do Vigidesastres, Murilo Ribeiro Brito, destaca ainda o empenho que a equipe tem na organização da oficina, dando ênfase na participação de todos os profissionais que estarão na linha de frente do evento.

“Apesar da complexidade que é o trabalho com os agentes QBRN, a oficina dará ferramentas importantes para o enfrentamento de algum desastre envolvendo qualquer um dos agentes, por isso reforço a importância de que todos os setores e instituições convidadas estejam presentes”, completa Brito.

Oficina

O curso é oferecido pela equipe de Vigilância em Saúde Ambiental Relacionada aos Desastres Naturais (Vigidesastres) da Sesau, que atua especificamente em ações focadas na prevenção e redução da exposição da população a riscos de desastres naturais, inundações, deslizamentos, secas e incêndios florestais e nos possíveis cenários de adoecimento gerados por estes incidentes.

Participam do evento técnicos da Secretaria Municipal e Estadual de Saúde, de diversos setores, entre eles Vigilâncias, Urgência e Emergência, Comissão de Comando e Controle do Evento, e instituições como Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Defesa Civil do Estado, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), entre outros envolvidos órgãos.

Os instrutores da oficina são consultores do Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Instituto Nacional de Radioproteção.

Confira a programação que está em anexo. 

Arquivos Anexos