Polí­tica

Foto: Divulgação

A deputada federal Josi Nunes (PMDB/TO) lamentou não ter participado da audiência pública realizada nesta última quinta-feira, 20, na Assembleia Legislativa do Tocantins, para debater a greve  da Educação. A parlamentar não pode comparecer a audiência em virtude dos compromissos na Câmara dos Deputados, mas reforçou seu apoio à categoria e o seu compromisso em continuar intermediando o diálogo com o Governo do Estado. “Infelizmente eu não pude participar da audiência de hoje, mas eu estive na primeira e continuo acompanhando as negociações. Tenho tido contato direto com o Sintet, Governo e Secretários em busca de uma solução para o impasse”, reforçou.

Josi acredita que esta nova fase das negociações entre Governo e Sindicato,  que também conta com a participação dos deputados estaduais, poderá  colocar fim a greve da Educação. “A criação desta Comissão, que vai reforçar o diálogo é muito positiva. Acho que esse é o caminho para o consenso”, afirmou.

Conforme informações, a categoria  está em greve desde o dia 5 de junho. Entre as reivindicações da classe, estão o pagamento imediato das progressões de 2013, 2014 e a implantação das solicitadas em 2015 e ainda a equiparação salarial do professor normalista (Prono) com o de educação básica (Proeb).