Polí­cia

Foto: Divulgação

Nacionalmente a Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nessa sexta-feira (04) a Operação Independência, que seguirá até a meia-noite de segunda-feira (07), e no Tocantins se estenderá até terça-feira (08) devido ao feriado de Nossa Senhora da Natividade. Nos anos de 2013 e 2014, este feriado caiu em finais de semana, porém este ano será em uma segunda-feira, o que pode significar um aumento considerável do fluxo de veículos nas rodovias federais.

Durante o período que contempla o feriado o efetivo será reforçado, policiais rodoviários federais estarão posicionados em pontos estratégicos dos 1372 Km de rodovias federais que cortam o Estado do Tocantins. Tais pontos foram definidos a partir do levantamento dos dias, locais e horários de maior incidência de acidentes graves. O foco da fiscalização se mantém, em ações preventivas para a redução dos índices de acidentes nas rodovias federais.

Comportamentos como o não uso do capacete, ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e embriaguez ao volante serão alvo das fiscalizações dos agentes da PRF, haverá restrição para veículos de carga, que nos dias e horários de maior movimento, não poderão transitar, independentemente de estarem carregados e possuírem Autorização Especial de Trânsito (AET).

O motorista que descumprir a determinação será multado pela PRF. A infração é média, gera multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Além disso, o condutor será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário de restrição (datas e horários de restrição conforme descritivo abaixo).

                                   04/09/2015 (sexta-feira)                 Das 16h às 24h

Independência:          05/09/2015 (sábado)                        Das 06h às 12h

                                   07/09/2014 (segunda-feira)              Das 16h às 24h

A PRF recomenda ainda, que os motoristas tomem alguns cuidados especiais, como, ter um planejamento da viagem sabendo asdistâncias que ira percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo. É importante também, que se providencie uma checagem do automóvel, verificando faróis; pneus afim de saber se estão calibrados e em bom estado;

motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecendo de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de parabrisa e luzes do veículo;

O condutor do veículo deverá programar paradas para descanso, já que quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da "hipnose rodoviária", na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta.Acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora; Por isso, recomenda-se atenção redobrada, observando as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. E não esquecer de por o cinto de segurança, equipamento obrigatório para todos os ocupantes do veículo.