Estado

Foto: Josy Karla Marcelo Miranda falou sobre os esforços para a efetivação do programa habitacional para todo o Estado Marcelo Miranda falou sobre os esforços para a efetivação do programa habitacional para todo o Estado

A realização de um sonho". Esta foi a expressão mais utilizada durante a assinatura dos contratos de financiamento do Minha Casa Minha Vida (MCMV) para servidores públicos na tarde desta quarta-feira, 9, no Palácio Araguaia. Pioneiro no Brasil, o programa é uma iniciativa do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional, Urbano e Habitação (Sedruh) em parceria com o Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal.

Servidora pública estadual há 26 anos, Maria de Jesus Moreno Rosal, assinou o contrato representando os outros 55 servidores, que serão contemplados nesta fase. “É um prazer imenso representar a todos aqui. Eu já havia tentado conquistar a casa própria antes, mas estava praticamente impossível e agora eu consegui. É, com certeza, a realização de um dos meus sonhos”, comentou. Ela e os demais servidores, que assinaram os contratos no final da solenidade, residirão em apartamentos de 61,47 m², com dois quartos, sendo uma suíte, localizados em área doada pelo Estado na Quadra Arne 61, em Palmas.

Para o gestor da Sedruh, Aleandro Lacerda, a assinatura dos contratos do empreendimento representa, além da realização do sonho das famílias, realização profissional. "Sempre buscamos valorizar o servidor público. Iniciamos programas para os servidores no último governo Marcelo Miranda, mas agora conseguimos implementar o Minha Casa Minha Vida, faixa 2, que se destina a famílias com renda familiar de até seis salários mínimos, abrangendo grande parte dos servidores", frisou.

Já o governador Marcelo Miranda falou sobre as dificuldades financeiras enfrentadas em todo o País e destacou os esforços para a efetivação do programa habitacional para todo o Estado. “O momento é de reflexão, mas também de muita união. Saio hoje daqui muito satisfeito por estarmos estendendo a mão aos que muito precisavam. Hoje são 56 contratos, mas sabemos que não serão só esses”, disse ao destacar que o programa prevê a construção de 3.250 unidades habitacionais.

Parcelas

A Superintendente da Caixa, Sílvia Leandra Pelloso, reconheceu o pioneirismo do governo que promoveu a doação de aéreas para habitação de interesse social e ressaltou que os servidores só pagarão parcelas referentes a amortização dos juros até a entrega dos apartamentos. “As parcelas se restringem a amortização de juros, passando a amortizar a dívida somente após a entrega da escritura. Acompanhem, estejam preparados. Essa é só a primeira etapa”, disse.

Na solenidade, foi assinado o primeiro contrato de financiamento de apartamento do Residencial Netuno e o Termo de Acordo de Cooperação e Parceria para a realização de todas as etapas do Programa, entre o Governo do Estado e a Caixa. Também participaram da solenidade o secretário municipal de Habitação, Diogo Fernandes, representando o prefeito Carlos Amastha, o deputado estadual, Ricardo Ayres, representando o presidente da Assembleia Legislativa, Osires Damaso, e  o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins, Cleiton Pinheiro.