Estado

Foto: Divulgação

O advogado e professor de Direito Civil, Renato Godinho oficializou sua pré-candidatura à presidência da subseção de Porto Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins (OAB-TO), em encontro na manhã desta quinta-feira, 17, com o conselheiro federal da Ordem e pré- candidato à presidente da Seccional Tocantins, Gedeon Pitaluga. Na oportunidade, oficializaram o apoio recíproco às suas pré-candidaturas e reafirmaram os desejos mútuos que compartilham em relação à Ordem.

Renato Godinho é advogado há mais de 15 anos e tem também uma longa carreira na academia, é professor de Direito Civil há mais de dez. Para ele, está na hora da OAB voltar a representar a sociedade e os advogados. “Hoje nós oficializamos o nosso apoio recíproco para lutarmos por uma OAB que atenda à sociedade e aos advogados, porque a Ordem se distanciou de nós. Eu, também como professor acadêmico, vejo que os jovens estão desmotivados com o curso, com a profissão, se sentem desestimulados, sem representatividade, assim como todos os advogados atualmente. Eu apoio ao advogado Gedeon justamente por essa causa. Por isso, nós queremos essa alternância de poder. Em Porto Nacional queremos construir o nosso clube da OAB, que é uma promessa de várias gestões e que nunca foi atendida. Queremos maior valorização no Fórum. Enfim, queremos que finalmente a Ordem volte a fazer o seu papel e a nossa classe seja valorizada como merece”, apontou Godinho.

O conselheiro federal Gedeon Pitaluga é a favor da valorização de todas as subseções. “Renato Godinho ê uma referência histórica com trajetória de luta pela valorização da advocacia em Porto Nacional e em todo o Estado do Tocantins. Ter o apoio do professor Renato é a certeza de qualidade representativa para a advocacia portuense", destacou Pitaluga.