Polí­tica

O presidente da União dos Vereadores do Estado do Tocantins (UVET), vereador de Tocantinópolis, Elson Ribeiro, manifestou apoio à Paralisação Geral das Prefeituras, que ocorrerá dos dias 28 de setembro à 02 de outubro, nos municípios tocantinenses. A manifestação é encabeçada pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM), em sinal de protesto à crise financeira que enfrentam as gestões municipais.

O presidente da Uvet se diz solidário com a manifestação pois, segundo ele,  as câmaras municipais também sentem a crise financeira. “Quando as receitas dos Municípios caem o repasse para as Câmaras também é afetado”, justificou Elson, ao enfatizar que o poder legislativo tem o dever de seguir o manifesto do executivo municipal. “A Uvet é sensível a causa dos prefeitos e da ATM”, disse.

Cobrança

Segundo Elson, o arrocho  financeiro dos Municípios dificulta a execução de diversos serviços. “E nesse situação complicada, os vereadores são os primeiros a receberem as reclamações dos munícipes”, enfatizou o presidente da Uvet, entidade que atualmente conta com mais de 80% das Câmaras de Vereadores associadas.