Estado

O Sindicato dos Bancários do Tocantins (SINTEC-TO) realiza nesta quinta-feira, 1°, assembleia para discutir o reajuste salarial de 5,5% apresentado pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) no último dia 25 de setembro. A assembleia acontece às 18h na sede do SINTEC-TO em Palmas localizado na 104 Norte, Rua NE 11, nº 40.

 A proposta apresentada pela Fenaban não atende as reivindicações feitas pela categoria e caso seja recusada, a greve está prevista para iniciar no próximo dia 06 de outubro.

É válido lembrar que a contraproposta apresentada não cobre a inflação de 9,88% do período. E o acréscimo de abono, no valor de  R$.2.500  que foi abolido há mais de dez anos, voltou para a mesa, como forma de impedir ganhos justos devidos aos bancários.

“O abono, não se incorpora aos salários, nem recebe a incidência de FGTS, INSS, etc...deixando de refletir nas aposentadorias. Desta forma, como os 5,5%  de reajuste são absolutamente insuficientes e este abono é uma prática antiga, que nunca foi reivindicada pelos bancários”, explica o presidente do Sindicato, Crispim Batista Filho.

A orientação da comissão de negociação é para rejeição da contraproposta dos banqueiros e encaminhamento para greve a partir do dia  06 de outubro, se não houver melhoria na mencionada contraproposta. A comissão continua aberta às negociações e aguarda melhor proposta dos banqueiros. 

Por: Redação

Tags: Greve, Sindicato dos Bancários