Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado Olyntho Neto (PSDB) solicitou informações do Banco Moneo e do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) sobre financiamentos feitos pela  Cooperlota (Cooperativa de Transportadores Autônomos de Passageiros do Município de Araguaína).  A solicitação foi apresentada em dois Requerimentos na sessão desta quarta-feira, 7, na Assembléia Legislativa. Nos documentos, o deputado também pede cópias de contratos, atas de reuniões deliberativas sobre liberação de financiamentos, análises financeiras e relatórios.

Olyntho justifica alertando que “o povo de Araguaína passa por momento delicado no transporte público devido a má qualidade do serviço prestado no município”. A Cooperlota é concessionária da Prefeitura para execução do transporte publico na cidade desde maio deste ano.

Na semana passada o transporte público municipal de Araguaina foi assunto bastante discutido no plenário da Assembléia Legislativa. Olyntho cobrou a abertura de licitação para as rotas principais, o que, segundo ele, poderia garantir um serviço melhor para o usuário. O Deputado discursou enfatizando sua preocupação com a falta de planejamento para o serviço no município.

Nota de Pesar

Ainda nesta quarta-feira, o deputado Olyntho apresentou Moção de Pesar à Família da Dona Francisca Pereira de Sousa, avó da deputada Valderez Castelo Branco. Ela faleceu na noite desta terça-feira, 6 de outubro.