Economia

Foto: Divulgação

Donos de micro e pequenas empresas de todo o Brasil vão participar da maior semana de moda do hemisfério sul ao lado de marcas e estilistas renomados. A 40ª edição da São Paulo Fashion Week, que acontece de 18 a 23 de outubro na Bienal do Parque Ibirapuera na capital paulista, vai receber uma missão técnica de 130 pequenos empresários e gestores técnicos do Sebrae de todo o Brasil para uma imersão nos bastidores do evento. Tocantins será representado na semana de moda pela arte manual do Capim Dourado.

A ação faz parte da segunda etapa do convênio firmado entre o Sebrae e o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod), o Contextualizar na Moda II. Na companhia dos técnicos do Sebrae, empresários de diversos estados brasileiros vão cumprir uma agenda intensa durante o SPFW com visitas ao backstage de desfiles, encontros com especialistas em comportamento de consumo e tendências para acompanhar desfiles ao vivo comentados, além de encontros com diretoria e presidência de grandes grupos de moda. Nessa edição será realizada uma visita a Vicunha, uma das maiores indústrias têxteis do mundo.  Os participantes também contarão com um espaço na Casa SPFW dedicado ao relacionamento e troca de conhecimento durante o evento.

Além da exposição de peças artesanais, 23 empresários dos segmentos de indústria e comércio dos municípios de Gurupi, Palmas e Formoso do Araguaia participam de uma missão técnica ao evento. Os empreendedores terão a oportunidade de participar de desfiles com renomados estilistas do mundo da moda, como Reinaldo Lourenço, palestras e visitar o espaço Sebrae/Casa SPFW.

FFWShop

Em três anos, a parceria entre Sebrae e In-Mod já beneficiou mais de mil empreendedores, dentre eles cerca de 100 marcas que estiveram presentes no evento por meio do FFWShop – loja Pop up de design e acessórios com curadoria assinada pelo SPFW e instalada no evento. Este ano, 24 micro e pequenas empresas provenientes de 12 estados (ES, SP, RJ, MG, GO, PR, RS, SC, PA, PI, TO e PE) e do Distrito Federal foram selecionadas para expor seus produtos. Mais que a comercialização em si, a exposição na loja conceito permite aos empresários atingir um novo patamar de divulgação para seus produtos e sua marca.

“Ter sua marca atrelada ao SPFW pode se tornar um grande diferencial, em função do aval de marca conferido pela credibilidade e respeito que o evento tem no mercado. Cada empresa que participa desta atividade receberá feedback da curadoria sobre seus produtos, visando o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos mesmos, para que tenham condições de estar presentes em edições futuras”, destaca Roberta Aviz, coordenadora nacional da indústria da moda do Sebrae.

Nesta edição, a SPFW celebra o processo do fazer, do artesanal ao tecnológico. Assim, para esta FFWShop, foram valorizados produtos com conteúdo artesanal. Com essa visão, a equipe do Sebrae e da FFWShop visitou três estados: PE, GO e TO e, após a visita às comunidades produtivas do Jalapão, a equipe do São Paulo Fashion Week selecionou para representar o trabalho realizado com o capim dourado, a Associação de Artesãos de Ponte Alta.

Do capim dourado, espécie de sempre-viva da família Eriocaulaceae, a palha se transforma pelas mãos de remanescentes de quilombolas em peças de artesanato como pulseiras, brincos, chaveiros, bolsas, cintos, vasos, peças de decoração entre outros, que da cor do ouro brilha e ganha mercados fora do Tocantins e do Brasil, agora impulsionados pela oportunidade de participar da FFWShop, no SPFW.

O capim dourado só pode ser colhido entre 20 de setembro e 20 de novembro para que não entre em extinção. A colheita é regulamentada por lei que proíbe a saída do material "in natura" da região, somente em peças já produzidas pela comunidade local, visando assim a sustentabilidade ambiental, social e econômica do local.

Sobre o convênio

O Contextualizar na Moda surgiu da necessidade de inserir as micro e pequenas empresas brasileiras no mercado de alto valor agregado da moda.  As empresas escolhidas participam de uma programação intensa de consultorias, capacitações, palestras e participações em feiras, workshops e exposições, tendo acesso inclusive aos bastidores do São Paulo Fashion Week (SPFW), a maior semana de moda do hemisfério sul. 

Por: Redação

Tags: Roberta Aviz, Sebrae