Educação

Foto: Divulgação Adrielle é estudante do 3º ano da Escola Estadual Joaquim de Sena e Silva, no município de Combinado Adrielle é estudante do 3º ano da Escola Estadual Joaquim de Sena e Silva, no município de Combinado

Adrielle Moreira é a vencedora, no Tocantins, do Concurso Jovem Senador 2015. Estudante do 3º ano da Escola Estadual Joaquim de Sena e Silva, no município de Combinado. Ela venceu a seleção no Estado, com a redação “Participação política no planeta, ruas e redes sociais”.  Neste ano, o concurso mobilizou mais de 267 mil alunos, com até 19 anos, matriculados no ensino médio de escolas públicas estaduais em todo o País. 

Nesta edição, professores e orientadores das redações selecionadas serão premiados com uma viagem, no dia 17 de novembro a Brasília, acompanhados dos alunos vencedores. Ao todo, o Jovem Senador 2015 contou diretamente com o apoio de 6.045 professores orientadores. Os textos dos 27 jovens senadores passaram por duas seleções: uma na escola e outra na Secretaria da Educação do Distrito Federal. 

Adrielle contou que, para ser selecionada, trabalhou os assuntos discutidos na atualidade. Ela falou a importância da participação efetiva dos cidadãos na política. “Falei sobre o papel importante que as pessoas exercem ao escolherem os seus representantes. Muitas vezes, as pessoas votam sem conhecerem os seus candidatos, depois sofrem as consequências dessa escolha”, afirmou. 

Agora, Adrielle prepara-se para conhecer a Capital Federal e aprender mais sobre a política. “Estou bastante ansiosa. Vencer o Concurso Jovem Senador, para mim, foi uma grande conquista”, disse. 

A aluna recebeu orientação da professora Theisy Natácia Cardoso Sales. Conceitos de política foram aplicados em sala de aula, com todos os alunos participantes do concurso, conforme afirmou a professora. “Primeiro trabalhei com a temática. Discutimos a política em si, democracia e temas da atualidade para serem debatidos em sala de aula”, explicou. 

Theisy também treinou os alunos para fazer a redação dissertativa. “Os alunos estavam bem preparados. Todos que concorreram se empenharam bastante. Eu tinha certeza de que dali [da Escola Joaquim de Sena e Silva] sairia um vencedor”, acrescentou. 

A legislatura tem início com a posse dos jovens senadores, a eleição da Mesa e se encerra com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.