Estado

Foto: Zezinha Carvalho

Privilegiado por suas características geográficas, recursos hídricos e localização estratégica, o Tocantins é hoje um estado com forte potencial para o setor do agronegócio. Para o governador Marcelo Miranda, com essas particularidades, o estado é hoje uma fronteira agrícola essencial, dinâmica e promissora para o Brasil. “O Tocantins é a bola da vez. Juntos, vamos transformá-lo em um espaço de vanguarda no agronegócio mundial”, foi enfático, durante a abertura do Workshop – Visão Estratégica do Agronegócio, que está acontecendo no Palácio Araguaia, durante toda esta quarta-feira, 21.

“O nosso Estado, pela força do empresário rural, pela criatividade dos nossos técnicos e pela capacidade de superação da nossa gente, é parte da solução econômica do nosso País. O Tocantins é uma das principais saídas para solucionar a necessidade de produção alimentar da humanidade”, destacou.

Marcelo Miranda justificou seu entusiasmo, ao lembrar que a agropecuária tocantinense corresponde a aproximadamente 20% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual e que a tendência é que este setor continue sendo um grande aliado na geração de riquezas não só do estado, mas do Brasil. “Hoje a nossa área de produção agrícola explorada ultrapassa mais de um milhão de hectares, com destaque para a soja, o milho e o arroz”, afirmou, acrescentando que “Estudos do Ministério da Agricultura indicam que a produção da safra na região do Matopiba cresceu 300% nos últimos 15 anos. É um crescimento extraordinário”.

No entanto, o governador também reconheceu que existem gargalos. Os desafios, segundo ele, estão na logística de transporte, armazenamento e distribuição da produção agrícola. “Por isso, o Governo vem fazendo investimentos como os do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), financiado pelo Banco Mundial. São 300 milhões de dólares para melhorarmos a eficácia do transporte rural nas regiões à margem esquerda do rio Tocantins, além de outros investimentos em curso junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento para o financiamento do projeto de infraestrutura de escoamento da produção”, citou.

Completou seus argumentos ao reforçar a necessidade de envolvimento e empenho de toda a cadeia produtiva, relacionada ao agronegócio. “Temos a consciência de que apenas os investimentos públicos não serão suficientes para enfrentarmos o desafio logístico. Este desafio é uma tarefa de todos e o Governo está disposto e entusiasmado”, pontuou.

Workshop

O governador Marcelo Miranda permanece no workshop, onde acompanha, ainda pela manhã, a palestra A Política do Agronegócio, com o ex-ministro da Agricultura e coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas Roberto Rodrigues. Logo após, o também ex-ministro da Agricultura Alysson Paulinelli profere a palestra O papel do cerrado na oferta de grãos.

Participação

Prestigiam o evento a vice-governadora Cláudia Lelis, representantes de órgãos ligados ao setor do agronegócio, secretários de estado, lideranças políticas, estaduais e municipais, e empresários do ramo.

O ex-ministro da Agricultura e coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas, Roberto Rodrigues, falou sobre a Política do Agronegócio, na manhã dessa quarta, 21

Para o governador Marcelo Miranda o Tocantins é hoje uma fronteira agrícola essencial, dinâmica, um espaço de vanguarda promissor para o Brasil

Por: Redação

Tags: Agronegócio, Marcelo Miranda, Workshop