Esporte

Foto: Divulgação

Uma multidão aguarda o começo da abertura oficial dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI), que acontece na arena montada ao lado do Estádio Nilton Santos, em Palmas/TO. Segundo a organização do evento, foram convidadas cinco mil pessoas para participação, além das delegações indígenas. 

Por alguns momentos a plateia gritou o nome do ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva e da atual presidente Dilma Rousseff, ambos do Partido dos Trabalhadores. Integrantes da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), UBEs e outras organizações chegaram a estender bandeiras nos alambrados.

Enquanto alguns gritaram e cantaram em apoio a presidente, do outro lado da arquibancada alguns vaiavam. O clima é de torcida em partida de clássico de time de futebol.

A presidente Dilma Rousseff chegou ao local por volta das 19 horas e primeiro visitou a Feita Mundial de Artesanato Indígena montada pelo Sebrae. A presidente está acompanhada do governador do Estado, Marcelo Miranda (PMDB), que é seu aliado, além do prefeito da capital, Carlos Amastha (PSB), e dos ministros do Esporte, George Hilton e da Agricultura e Pecuária, senadora Katia Abreu, além de demais autoridades.

Os discursos das autoridades e da presidente são aguardados pela multidão. 

Os jogos começam nesta sexta-feira, 23, e vão durar 10 dias. Mais de 26 delegações internacionais participam do evento.

Alguns grupos isolados tentaram fazer manifestação contra a presidente Dilma Rousseff , porém, foi pouca a movimentação. O Conexão Tocantins acompanha a abertura do evento.