Estado

Foto: Karla Almeida

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e a Controladoria Geral do Estado (CGE) iniciaram nessa terça-feira, 27, a capacitação de técnicos dos municípios para a implantação Sistema Urbem (Gestão Municipal), Urbem Transparência, Sistema de Gestão de Ouvidorias (SGO) e Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (E-SIC), referente ao Portal da Transparência e a Lei de Acesso a Informação. O treinamento ocorre na sede administrativa da ATM.

O presidente da ATM, prefeito de Brasilândia, João Emídio de Miranda, destaca que o treinamento é fundamental, “para que haja excelência no funcionamento do Portal da Transparecia e demais sistemas exigidos por lei”, afirma.

Excelência

Convidado pela ATM para ministrar a capacitação, o analista de sistemas, Carlos André Oliveira de Goes, enfatiza a importância do treinamento. “O contato direto com o técnico de cada município, através desta capacitação é fundamental para que o servidor se familiarize ao sistema, assim o executando com excelência”, disse.

O treinamento será dividido em módulos, sendo voltados aos responsáveis das áreas de administração, protocolo, frota, licitação, compras, patrimônio e almoxarifado dos municípios. Os módulos, "Administrativo e Protocolo" serão os primeiros a serem abordado.

Autonomia

A capacitação tem o objetivo de dar autonomia aos municípios para o cumprimento das leis vigentes sobre acesso a informação e transparência. “O intuito é que o técnico consiga gerenciar o sistema de acordo com a realidade do município” explica o Consultor de Tecnologia, Lucas Sousa Luz.

Urbem

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), os sistemas Urbem (Gestão Municipal) e Urbem Transparência (Portal de Transparência) são desenvolvidos pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). Consistem em softwares livres que poderão ser utilizados gratuitamente pelos municípios, ou seja, sem gerar custos e ainda atender o que pede a Lei. Além da sua gratuidade, este sistema garante, entre outras coisas, o acesso dos cidadãos à informação pública.

O Sistema Urbem atenderá as demandas da estrutura administrativa municipal, podendo ser adequado às necessidades de cada gestão. Além disso, integra todos os setores da Prefeitura, garantindo maior controle da arrecadação e de todas as informações de interesse da administração local. Contribuindo para o aumento da transparência, fiscalização e controle da gestão municipal, atendendo assim a Lei Complementar Federal n° 131/09.

A capacitação sobre o Sistema Urbem segue até sexta-feira, 30. Os conteúdos sobre os demais sistemas serão abordados em encontros marcados posteriormente pela ATM.