Saúde

Foto: Frederick Borges Técnicos que atuam nas esferas de saúde municipal, estadual e federal monitoram ocorrências de relevância em saúde pública Técnicos que atuam nas esferas de saúde municipal, estadual e federal monitoram ocorrências de relevância em saúde pública

Com o intuito de detectar, monitorar e responder rapidamente eventos de interesse em saúde pública que possam vir a ocorrer por ocasião dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI), em Palmas, técnicos do Ministério da Saúde, da Secretaria do Estado da Saúde (Sesau) e da Secretaria Municipal de Saúde de Palmas (Semus) instituíram o Centro Integrado de Operações Conjuntas da Saúde (Ciocs).

O centro funciona em regime de plantão 24 horas e coordena o monitoramento e direcionamento de respostas a eventos de saúde pública, em conjunto com a assistência em saúde, vigilância em saúde, incluindo as análises laboratoriais e a vigilância sanitária, para atender demandas específicas dos jogos indígenas e que merecem resposta oportuna e adequada a situações especiais ou que sejam diferentes do contexto epidemiológico local.

Segundo os profissionais do Ciocs, a integração do corpo técnico da vigilância dos três órgãos foi necessária para que haja o completo respaldo e coordenação de ações de saúde preventivas e de assistência a indígenas, membros de delegação, visitantes, turistas e população local.

Assim, todos os atendimentos emergenciais ou suspeitos de adoecimento de indígenas, turistas e trabalhadores, por exemplo, serão primeiramente comunicados ao Ciocs, cuja equipe técnica está habilitada a esclarecer dúvidas das equipes dos postos médicos montados para os jogos e unidades hospitalares da Capital sobre quais fluxos e protocolos seguir diante de cada caso, além de consolidar notificações, investigar e coordenar a adoção de medidas de prevenção e controle de doenças agudas, acidentes, traumas, surtos, entre outras situações.

Ciocs

O contato entre as equipes de atendimento direto com o público dos jogos e o Ciocs está ocorrendo tanto por telefone como por comunicação eletrônica. Deste modo, antes, durante e após a realização dos JMPI, o Ciocs funcionará como uma central de atendimento dos que seriam direcionados ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) de Palmas, do Estado e do Ministério da Saúde.