Saúde

Foto: Heitor Iglesias de Paula A orientação é para que os homens procurem as unidades básicas para realização de exames de rotina A orientação é para que os homens procurem as unidades básicas para realização de exames de rotina

Atualmente, os homens sentem dificuldades de cuidar da própria saúde e uma das justificativas apontadas pelo público masculino é a falta de tempo durante o dia para realizar consultas de rotina, alegando compromissos de trabalho. Para incentivar os homens, alguns municípios do Tocantins criaram um horário diferenciado, de acordo com a Política Nacional de Saúde do Homem do Ministério da Saúde, que visa  facilitar e ampliar o acesso deste público aos serviços.

Um município que adotou este horário foi Xambioá, localizado a 419 km da Capital, onde os homens que trabalham durante o dia podem contar com atendimento todas as quartas-feiras no período noturno, a partir das 19 horas. “Com horário diferenciado muitos homens compareceram as Unidades Básicas de Saúde (UBS), onde além de realizar consultas e exames, participam de palestras sobre prevenção”, destacou o secretário municipal de Saúde de Xambioá, Felipe Ferreira Dualibe.

Aproveitando o clima do Movimento Novembro Azul, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), está realizando nesta sexta-feira, 06, uma webconferência via Telessaúde da Universidade Federal do Tocantins (UFT), que busca orientar os 139 municípios do Estado sobre a saúde do homem. 

De acordo com o técnico da área de Saúde do Homem da Sesau, Márcio Pantoja, a webconferência  orienta profissionais  dos municípios  sobre  quais ações a serem realizada neste mês. “Estamos dando suporte para que ações sejam focadas na saúde do homem de forma integral, além de abordar a área de oncologia, com sinais e  sintomas e toda rede de atenção á saúde”, ressaltou, acrescentando que também é um momento de esclarecimento de dúvidas e troca de experiências.