Campo

Foto: Divulgação Implantação do kit avicultura em lote da Associação dos Produtores rurais Campina Verde Implantação do kit avicultura em lote da Associação dos Produtores rurais Campina Verde

A partir desta segunda-feira, 16, até a próxima sexta-feira, 22, técnicos da Secretaria Estadual do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) visitam várias comunidades rurais nos municípios de Piraquê, Riachinho e Nazaré, na região do Bico do Papagaio. O objetivo é vistoriar as obras dos projetos de agricultores familiares, beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário Estadual - PNCF.

As obras que estão em andamento são: construção de unidades habitacionais, cisternas, cercas para preservação de áreas ambientais, além de confirmar a entrega de kit de ferramentas (enxadas, foices, machado, carro de mão e outros), oportunizando aos agricultores a criação de aves caipiras e abelhas, formação de pomares e conservação ambiental, entre outros.

Segundo o engenheiro agrônomo da Seagro, Gleison Dias da Rocha Farias todo o material já foi entregue aos produtores rurais. “Agora vamos acompanhar as obras, ver como estão sendo utilizados materiais e orientar os produtores rurais no que necessitarem”, esclarece.

As comunidades a serem acompanhadasserão as associações dos Pequenos Agricultores da Agricultura Familiar Ponta do Asfalto, dos Pequenos Produtores Rurais Vale do Garimpinho, dos Pequenos Produtores Rurais Maria de Nazaré, dos Pequenos Produtores Rurais de Luzinópolis, dos Pequenos Produtores Rurais do Vale do Piranha, dos Trabalhadores Rurais Vale do Rio Corda. Ao todo serão visitadas 189 famílias de agricultores.

De acordo com o diretor de desenvolvimento agrário e crédito fundiário da Seagro, Erismar Sousa Lima, o trabalho é realizado continuamente pelo Governo do Estado. “Esse ano várias associações foram monitoradas em diversos municípios: Palmas, Divinópolis, Marianópolis, Monte Santo, Cristalândia, Nazaré, Riachinho, Piraquê, Ponte alta do Tocantins, Novo Jardim e Miranorte”.

Programa PNCF

Conjunto de ações que visa por intermédio de crédito fundiário a promoção do acesso a terra e investimentos básicos e produtivos, que permite estruturar os imóveis adquiridos com recursos do Fundo da Terra e da Reforma Agrária. O programa iniciou no Tocantins em 2002.