Esporte

Foto: Divulgação Bauer vem conquistando cada vez mais espaço no mundo dos campeonatos cara-a-cara Bauer vem conquistando cada vez mais espaço no mundo dos campeonatos cara-a-cara

Os esportes podem ser divididos em várias categorias; Individual e Coletivo; Há também os esportes de quadra e os virtuais. Neste sentido, o poker se destaca como sendo um esporte individual, da mente e virtual por muitas vezes. É justamente por isso que a questão geográfica em termos de densidade demográfica, por exemplo, é mais democrática no poker do que em qualquer outro esporte.

Tudo o que o profissional do poker precisa é uma sala para se praticar ou um computador para jogar e treinar, evoluindo seu jogo. Nesse sentido, a “democracia” do esporte faz com que haja profissionais bem sucedidos em todas os locais do País. E a região norte, bem como a centro-norte, está se destacando cada vez mais na modalidade.

Região Norte já foi campeã do torneio nacional por Estados

Embora já exista cada vez mais praticantes do esporte no Estado do Tocantins, como Guilherme Koche – que já participou da Brazilian Series of Poker, campeonato nacional individual – o Estado do Amazonas é a atual potência da região no esporte.  Nomes como Arlindo Neto, Jean Emerson, Ângelo Neto, Alessandro Rodrigues, Victor Hugo e até as meninas, como Gabrielle Costa, são verdadeiros expoentes da modalidade. Todos estiveram na equipe campeã do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes em 2014 – competição organizada anualmente desde 2013 que envolve uma disputa por Estados. No campeonato, não existe premiação em dinheiro, os jogadores disputam as partidas por amor ao jogo. Nesse sentido de crescimento do esporte como um todo, vale ressaltar, acontece de forma intensa no Brasil – dado que há cada vez mais jogadores inscritos no campeonato nacional e premiações record (já são 10 anos de campeonato nacional, vale ressaltar). Existe, inclusive, uma confederação nacional da modalidade.

Melhor jogador de 2015 é orgulho do interior do Brasil

Outra amostra de que o poker é um dos esportes mais democráticos que existem no sentido de dar oportunidade a qualquer um que estiver disposto a estudar e treinar com o computador é João Bauer (foto). Embora tenha títulos de eventos virtuais (do World Championship of Online Poker), Bauer vem conquistando cada vez mais espaço no mundo dos campeonatos cara-a-cara.

Neste mês de dezembro, Bauer foi campeão do circuito brasileiro da modalidade (a BSOP, já citada acima). A exemplo dos torneios de tênis, existe um ranking que elenca os melhores jogadores de acordo com o desempenho em todas as 10 etapas da competição – de certa forma lembra um pouco o Campeonato Mundial de Fórmula 1, por exemplo.

Vencedor da primeira etapa do ano em São Paulo e um jogador constante ao longo de todo o circuito, Bauer esteve em terceiro lugar ao início da última etapa, a milionária BSOP Millions. Os exemplos de Amazonas, na região norte, e do goiano Bauer, da região Centro-Oeste, são bons para um eventual crescimento do esporte também no Tocantins. Exemplos positivos, com efeito, não faltam de forma alguma.