Estado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou ontem balanço parcial da Operação Fim de Ano, que está ocorrendo desde o dia 18 de dezembro nas rodovias federais do País. No Tocantins, foram registrados 27 acidentes, resultando em sete mortes e 36 feridos. A operação segue até o próximo dia 3 de janeiro.

Na ocorrência mais grave, duas pessoas morreram na BR-242, em Formoso do Araguaia, Sul do Estado, na madrugada de sábado. De acordo com a PRF, as vítimas estavam em uma bicicleta quando foram atingidas por um veículo não identificado. O motorista do veículo fugiu sem prestar socorro e a bicicleta desapareceu do local do acidente. Sem documentação, as vítimas não foram identificadas. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) e ficaram à disposição do reconhecimento de familiares.

No último domingo, Welington Espindola Melo Alencar, 20 anos, morreu após bater o carro que conduzia, um Chevrolet/Corsa, em um caminhão Mercedes Benz, na BR-153, em Paraíso do Tocantins, 63 km da Capital. O jovem ainda foi retirado com vida do local do acidente e encaminhado para o Hospital Regional de Paraíso, mas não resistiu. Devido a batida, a pista ficou interditada por cerca de duas horas, até a retirada dos veículos.

Na madrugada de sábado, Julio Cezar Silva, 19 anos, morreu após bater a moto que pilotava em uma vaca, na BR-153, próximo a Xambioá, no Norte do Estado. Um adolescente estava na garupa da moto, mas teve ferimentos leves, conforme a PRF.

Na véspera de Natal, uma caminhonete capotou e saiu da pista na BR-242, entre Gurupi e Peixe, Sul do Estado. O passageiro, Paulo Henrique dos Santos Barbosa, 18 anos, morreu no local e o motorista, nome não divulgado, ficou gravemente ferido.

Ainda na BR-242, próximo a Formoso do Araguaia, também na região Sul, um carro de passeio, ocupado por cinco pessoas, capotou e todos os ocupantes ficaram feridos, um em estado grave.

Também no dia 24, uma colisão lateral durante uma ultrapassagem resultou em uma batida, na BR-153, sentido Aliança do Tocantins. Apesar do acidente, ninguém ficou ferido.

Cuidados

Para evitar que acidentes aconteçam nas rodovias federais, a PRF recomenda que os motoristas tomem os devidos cuidados, além de checar as condições do veículo. O órgão alerta aos motoristas a respeitar a sinalização e a quantidade de passageiros permitida, estar com os documentos do veículo e do condutor em dia, além de obedecer às regras para o transporte de menores de acordo com a idade e usar o cinto de segurança. Se entre os ocupantes do carro existir crianças e adolescentes, esses devem portar a Certidão de Nascimento ou a Carteira de Identidade. A operação segue até o dia 3 de janeiro, nos 1.372 km de rodovias federais que cortam o Estado.

Cuidados na estrada

■ O condutor do veículo deverá programar paradas para descanso

■ Recomenda­se também que seja observada e obedecida a sinalização viária

■ Não se deve esquecer de utilizar o cinto de segurança, equipamento obrigatório para todos os ocupantes do veículo. Em caso de crianças, o dispositivo de retenção adequado à idade

■ Em caso de chuva, reduza a velocidade e mantenha maior distância do veículo à sua frente, com os faróis ligados.
Fonte: PRF

Por: Redação

Tags: Polícia, Polícia Rodoviária Federal