Estado

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal do Turismo, divulgou  a programação do Carnaval 2016, que terá uma infraestrutura arrojada, instalada na Praça Cultural, na Avenida Beira Rio e contará com várias atrações nacionais e regionais.

Segundo o secretário municipal do Turismo, Neto Aires, por determinação do prefeito Otoniel Andrade, o “Reinado de Momo” este ano em Porto Nacional, terá os mesmos ingredientes dos três anos anteriores, o que permitiu ser este um dos melhores carnavais de todo o Tocantins. “Através de pesquisas, respeitando a vontade popular, buscamos a contratação de bandas que estão em alta no circuito nacional de shows, como também inserimos neste contexto, artistas locais e regionais que certamente estão prontos para fazer história neste momento de alegria, descontração e confraternização da sociedade portuense e dos milhares de turistas que sempre vem à nossa cidade neste período”, disse.    

Circuito e atrações

O Circuito Carnavalesco de Porto Nacional será montado a partir do dia 02 de janeiro na Praça Cultural, na Avenida Beira Rio e será totalmente fechado, contando com toda a infraestrutura necessária como base de saúde e administrativa, além de um especial esquema de segurança, que contará com a atuação da Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Ainda segundo Neto Aires, tudo isso estará pronto para receber milhares de foliões que serão animados por grandes artistas a bordo de um gigante Trio Elétrico. “Dentre as principais atrações destacamos as seguintes: Banda Quebraê, dia 05, sexta-feira; Levada Louca, dia 06, sábado; Kit Ilusão, 07, domingo; Luxúria, dia 08, segunda-feira e Rei da Cacimbinha, dia 09, terça-feira”, finalizou o titular da Secretaria Municipal de Turismo.

Investindo em turismo

Para o prefeito Otoniel Andrade o momento é de contenção de gastos, pois os impactos negativos na economia não permitem ações sem planejamento, o que vem dificultando quase que na totalidade as administrações estaduais e municipais. “Temos consciência das dificuldades, mas nem por isso vamos tirar do povo este momento de liberdade de expressão, de lazer, de alegria, de festejar em confraternização”, pontuou ele, garantindo ainda: “Além de promover esta grande festa popular, elevando a autoestima da nossa sociedade, é importante frisar que, os recursos que estamos investindo na montagem da infraestrutura e na contratação dos artistas, vão aquecer a economia local com movimentação de bares, restaurantes, hotéis, pousadas e o comércio em geral, que já se preparam para receber milhares de turistas. Isso gera postos de trabalho, renda e mais tributos para a municipalidade”, destacou o chefe do executivo portuense.

Dificuldades

Os municípios do Estado que tem tradição de fazer carnaval estão com dificuldades para conseguir fazer a festa em razão da escassez de recursos e frustração dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios - FPM. Da região do Bico, Tocantinópolis já confirmou que não fará a festa este ano.