Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-deputado estadual e presidente estadual do PEN no Tocantins, tenente coronel Aragão começou as articulações políticas de olho na Prefeitura de Palmas. O partido está realizando reuniões semanais para montar o plano de governo já que pretende lançar candidato próprio no pleito de outubro deste ano.

“O partido continua com a mesma filosofia, livre, independente e sem amarras, trabalhando para mostrar o projeto novo deste que está aí para a população de Palmas”, afirmou em entrevista ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 12.

Duas principais bandeiras de pré-campanha do partido são a revisão da planta de valores imobiliários de Palmas e a redução de 50% na taxa de esgoto. “ Esse são projetos que a população de Palmas está precisando para mudar a realidade dessa cidade”, justificou.

O grupo da oposição ao prefeito Carlos Amastha (PSB) tenta formatar um bloco para todos se juntarem no pleito e as conversas estão em andamento. “Conversamos com todos menos com este prefeito que está aí, o Amastha”, disse.

O PEN formata ainda uma chapa puro sangue de candidatos a vereadores para o próximo ano .

Aragão foi candidato a vice de Amastha na eleição de 2012 porém rompeu com o gestor antes mesmo da posse. Na época, como deputado estadual começou a criticar e se posicionar contra a gestão municipal. Em 2014, Aragão concorreu ao Senado e foi o mais votado na capital.